Política

STF derruba decisão que mandou soltar presos em 2ª instância

A decisão, a liminar (decisão provisória) de Toffoli terá validade até o dia 10 de abril de 2019

Da Redação
19/12/18 às 19h04
Policiais foram parao prédio do STF, em Brasília, onde grupos contra e a favor da decisão do ministro Marco Aurélio se manifestam ( Hamanda Viana/G1)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu a decisão do ministro Marco Aurélio que determinou a soltura de todos os presos que tiveram a condenação confirmada pela segunda instância da Justiça.

Segundo a Agência Brasil, com a decisão, a liminar (decisão provisória) de Toffoli terá validade até o dia 10 de abril de 2019, quando o plenário do STF deve julgar novamente a questão da validade da prisão após o fim dos recursos na segunda instância.

O julgamento foi marcado antes da decisão de hoje (19) do ministro Marco Aurélio

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.