Acqualinda

Região de Araçatuba recebe mais de R$ 510 milhões em investimentos, diz Piesp/Seade

De acordo com os resultados da Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo – Piesp, do Seade, no terceiro trimestre houve retomada dos investimentos no setor de serviços, que concentraram mais de 60% dos R$ 5,6 bilhões apurados no período.

Com Folha da Região - Região 
25/11/20 às 12h06
Acualinda está puxando a fila de investimentos (Divulgação)

De acordo com os resultados da Pesquisa de Investimentos Anunciados no Estado de São Paulo – Piesp, do Seade, no terceiro trimestre houve retomada dos investimentos no setor de serviços, que concentraram mais de 60% dos R$ 5,6 bilhões apurados no período.

Na comparação com o trimestre anterior, cresceram quase quatro vezes, obtendo seu melhor resultado em cinco trimestres.

A região de Araçatuba, segundo a pesquisa, teve R$ 511 milhões em investimentos no último trimestre, com destaque para a construção do Parque Aquático e Temático Acqualinda, na cidade de Andradina, que corresponde a R$ 500 milhões do montante. A região foi a segunda no Estado a receber mais investimentos neste período ficando atrás apenas da Região Metropolitana de São Paulo.

Em entrevista a Folha da Região, a economista Margarida Kalemkarian, do Seade, afirmou que o momento é de retoma dos serviços em todo o Estado.

Ela também avalia que, especificamente em Araçatuba, todos os setores serão muito beneficiados com a chegada desses novos pontos turísticos.

“É muito importante que se incentive e invista no Turismo, não só agora neste momento de pós-pandemia, mas sempre. Os parques movimentam os hotéis, as agências de viagem, os restaurantes, o comércio de serviços das cidades, o setor de aluguel de veículos, farmácias, enfim, impulsiona todos os setores de alguma maneira, positivamente”, ressalta Margarida.

ESTADO DE SÃO PAULO

Entre os 17 subsetores dos serviços para os quais foram destinados investimentos ao longo dos nove meses de 2020, sobressaem as atividades imobiliárias (R$ 2,0 bilhões) e o ramo de aluguéis não imobiliários (R$ 1,3 bilhão), seguidos pela prestação de serviços de informação (R$ 724 milhões), atividades esportivas, de recreação e lazer (R$ 503 milhões) e serviços de saúde (R$ 455 milhões).

A expansão dos investimentos nas atividades imobiliárias reflete a gradual recuperação da construção civil. Entre os empreendimentos de maior valor, incluem-se o complexo corporativo de alto padrão em São Paulo, dois shopping centers de outlets, em Guarulhos e São Roque, e o desenvolvimento de novas tecnologias para gestão de condomínios por empresa especializada de Campinas. Destaques em outras atividades são os investimentos na expansão da frota de caminhões para locação no agronegócio e para fins logísticos e em mobilidade urbana nos sistemas de compartilhamento de bicicletas.

Quanto à distribuição regional dos recursos em 2020, R$ 4,0 bilhões foram direcionados à Região Metropolitana de São Paulo. Na sequência, vêm as regiões de Araçatuba (R$ 511 milhões), Campinas (R$ 481 milhões), Sorocaba (R$ 187 milhões), São José do Rio Preto (R$ 98 milhões), Ribeirão Preto (R$ 29 milhões), Presidente Prudente (R$ 16 milhões), além das regiões de Santos (R$ 1 milhão) e São José dos Campos (R$ 500 mil).

O Seade – Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados é a agência paulista de estatísticas que há mais de 40 anos coleta, analisa e dissemina dados sobre o Estado de São Paulo.

(reprodução)

Nasce um dos maiores Parques Acquático e Thermas Resort das Américas, com a maior montanha russa aquática do mundo, com 380 metros de comprimento. Uma ótima opção de lazer e entretenimento para toda a família.

 MAIS DE ACQUALINDA
VEJA TODAS DE ACQUALINDA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.