Ser médico é algo simples, singelo. É um sentimento que acompanha o verdadeiro doutor desde sua infância: é gostar de gente, das relações humanas, olhar o outro com respeito e tratá-lo com amor, com dignidade. Neste mês dos Médicos, a revista FALA! presta uma singela homenagem a todos estes profissionais que cuidam da saúde de todos Andradina e Região,

" /> Ser médico é algo simples, singelo. É um sentimento que acompanha o verdadeiro doutor desde sua infância: é gostar de gente, das relações humanas, olhar o outro com respeito e tratá-lo com amor, com dignidade. Neste mês dos Médicos, a revista FALA! presta uma singela homenagem a todos estes profissionais que cuidam da saúde de todos Andradina e Região,

" />
Viver Mais

Especiais: Ser médico

Ser médico é algo simples, singelo. É um sentimento que acompanha o verdadeiro doutor desde sua infância: é gostar de gente, das relações humanas, olhar o outro com respeito e tratá-lo com amor, com dignidade. Neste mês dos Médicos, a revista FALA! presta uma singela homenagem a todos estes profissionais que cuidam da saúde de todos Andradina e Região,

Redação
13/11/19 às 14h21
(Foto: Cleber Carvalho)

Dr Unias Ramalho de Arruda

Sabe aquele médico que olha para o paciente, analisa, mesmo o paciente sendo um recém-nascido que não fala, assim é o pediatra Unias Ramalho de Arruda Junior. Depois de ver o paciente, aí ele olha para os pais e inicia as perguntas, mas em seu olhar, já dá para ver que ele se conectou e entendeu o que está se passando com os pequenos. Um médico de alma, que não tem hora para atender, sempre dá um jeito de encaixar, de dar uma olhada, enfim, um pediatra que faz a diferença em Andradina.

(Foto: Marcelo Pereira)

Dr Pedro Pizzo

O médico Pedro Pizzo, o primeiro andradinense a se tornar médico, completa 50 anos de formado e será homenageado no próximo dia 13 de novembro pelo Conselho Regional de Medicina de Araçatuba e Região. Ele, que pendurou o estetoscópio, ainda realiza atendimento gratuito aos internos do Asilo São Vicente de Paulo. Um médico que merece todas as homenagens pela ser humano que é e pela excelência e ética que exerce a Medicina.

(Arquivo Pessoal)

Adeus a Samir Ebaid

Morreu neste mês na cidade de São José dos Campos, o médico Samir Ebaid. Por anos ele trabalhou no Hospital Regional de Ilha Solteira e dá nome ao pronto-socorro da unidade.

Samir atuou por anos no Hospital de Ilha Solteira e atendia, com frequência, no pronto-socorro da unidade. Era tão querido por funcionários, equipe médica e administração que, quando o local foi reformado, ganhou o seu nome, em um dos raros, se não o único em Ilha Solteira, de uma homenagem feita ainda em vida.

Dr. Edebrando Herreros 50 anos cuidando da saúde em Andradina

Além de realizar diversos partos na cidade, Dr Eduardo Herreros teve a felicidade de realizar, também, o parto de seus quatro filhos: Eliane, Cláudia, Marcelo e Eduardo. (Foto: Cleber Carvalho)

André Longarini  

O médico Edebrando Herreros, natural de Ibitinga-SP, é um dos mais renomados cirurgiões da cidade, com  especialidade em Ginecologia e Obstetricia.

Formado em medicina pela USP (Universidade de São Paulo), na cidade de Ribeirão Preto em 1966, contou um pouco de sua história durante o mês do médico que tem seu dia marcado em 18 de outubro.

De infância humilde, ele se lembra de seu pai que exercia a profissão de sapateiro, assim puderam ajudar em sua formação. Edebrando nos conta como veio para Andradina, a convite do médico Dr. Fernando Sampaio, que conheceu em Ribeirão Preto quando fazia residência.

Passado algum tempo, os dois se encontraram novamente em Ribeirão, quando Fernando fez o convite para Edebrando vir para a cidade. Ele nos conta que estava em dúvida e havia a intenção de ir para a cidade de Piracicaba. Foi então que resolveu vir conhecer Andradina e para sua surpresa, encontrou vários colegas formados em Ribeirão Preto.

Andradinense de coração, confirmado pelo Título de Cidadão Andradinense proposto pelo Dr. Paulo Assis, completou 50 anos residindo e trabalhando em Andradina neste ano (2019). Ao longo destes 50 anos, realizou muitas cirurgias, mas duas em especial ele guarda na memória, que foi a operação de um soldado da polícia militar. Ele nos conta que após uma “batida” policial, chegando à delegacia, o delegado que acompanhou os policiais foi desmuniciar a carabina, houve um acidente e o cartucho acabou atingindo o soldado.

Cirurgia realizada, após 15 dias o soldado estava bem e foi transferido para o hospital da Cruz Azul em São Paulo e, chegando lá os médicos ficaram surpresos, não acreditando que tal procedimento tivesse sido feito em Andradina. A segunda cirurgia que marcou, foi a de um menino que teve o braço lesado por conta de uma lata que foi estourada por bombinhas (brincadeira comum à época). Ele lembra que tiveram que fazer um enxerto, tirando um pedaço da veia da perna e colocando no braço (técnica comum nos dias atuais), restaurando completamente o braço, ficando em perfeito estado.

Nestes 50 anos ele realizou várias cirurgias e partos, casado com a senhora Magaly Herreros com quem teve quatro filhos e teve a felicidade de realizar o parto de todos eles. Eliane e Cláudia (dentistas), Marcelo e Eduardo acabaram seguindo o exemplo do pai e ingressaram na área de medicina e hoje trabalham juntos na Multiclínica Herreros. Doutor Edebrando é uma pessoa de uma humildade extensa e de um profissionalismo admirador e nesses 81 anos de vida, deixa exemplos, respeito, carisma e profissionalismo, acompanhando a transição tecnológica da medicina e até hoje atua ajudando outros profissionais na parte cirúrgica. (Publicado em “O Jornal da Região”)

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM VIVER MAIS
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.