Viver Mais

Filhos que fazem tarefas sozinhos? Isso é autodidatismo

Em tempos de quarentena, em que a recomendação é que famílias fiquem em casa para evitar o aumento de casos do Covid-19, pais e filhos intensificaram a convivência diária.

Flávia Gomes
15/07/20 às 07h13

Em tempos de quarentena, em que a recomendação é que famílias fiquem em casa para evitar o aumento de casos do Covid-19, pais e filhos intensificaram a convivência diária. Antes, quando pais e escolas revezavam as tarefas, hoje, se viram muito mais unidos do nunca. A relação pais e escola foi fortalecida com esta pandemia, mostrando que filhos, pais e escola são uma equipe e que, em parceria, desenvolvem ações capazes de melhorar e contribuir para o bom desenvolvimento e rendimento dos estudantes.

Neste momento em que todas as famílias estão enfrentando o estudo online, pais que sempre apostaram no autodidatismo dos filhos, tem tido muito menos preocupação. “Uma pessoa autodidata é curiosa, sempre questiona o porquê das coisas e tenta descobrir as respostas por conta própria. O autodidata tem a capacidade de aprender uma habilidade de forma autônoma, por meio de esforço, estudo e prática”, enfatiza Andrea Araújo Akahoshi Colombo, orientadora do Kumon Andradina. Ela acrescenta que “o autodidatismo traz inúmeros benefícios, como eficiência ao definir e cumprir metas, aumento da criatividade, versatilidade acadêmica, profissional e vantagem competitiva. Uma das principais características do autodidata é a motivação, ou seja, ele sente vontade de buscar o conhecimento”.

Uma família, em particular, de Andradina vivencia o desenvolvimento dos filhos através desta metodologia aplicada pelo Kumon. São eles o casal Lúcia e Mauro Obana. Dos três filhos, dois fazem Kumon e ainda ultrapassaram metas na pandemia. A caçula, Mariana se inspirou no irmão Lucas o interesse pelo Kumon. “Ela via o Lucas e queria também aprender. Mas eu achava muita pequena, e acabei segurando até os 5 anos de idade, quando ela ia iniciar a alfabetização na escola, mostrou novamente a ânsia por ler e me pediu para fazer português no Kumon e acabei deixando”, conta Mauro.

Assim, Mariana hoje com 7 anos tem uma leitura impecável, ela cursa o 2º ano da escola normal e já está estudando matéria de 5º ano em Português e Inglês. “Se bobear ela lê melhor que eu”, brinca o pai orgulhoso. E, mesmo na pandemia, Mariana quer aprender cada vez mais e pediu para fazer Matemática no Kumon. “Acabamos matriculando, e vimos que ela está dando conta e gosta de fazer, então, nos sentimos seguros em poder oferecer mais esse método para ajuda-la em seu desenvolvimento”, afirma Mauro.

O filho Lucas faz Kumon desde 2013, já se formou em Matemática e está prestes a concluir Português, e também faz Inglês. Ao se formar no Kumon, Lucas já está pronto para qualquer Enem ou vestibular antes mesmo de acabar o 3º colegial. “Eu gosto muito do Kumon, me ajuda muito”, revela Lucas. A mãe Lúcia frisa a importância de mostrar o caminho aos filhos, e, acima de tudo de respeitá-los. “A Mariana e o Lucas amam fazer Kumon, eles fazem as tarefas, se esforçam para ganharem medalhas”, diz ela enfatizando que “a facilidade dos alunos que fazem Kumon é nítida, o desenvolvimento da criança é impressionante”.

Mauro lembra que no começo foi bem rígido para os filhos tivessem disciplina que é desenvolvida pelo método Kumon, de serem responsáveis por suas tarefas e fazerem diariamente. “Hoje, nem preciso falar, a Mariana e o Lucas sabem da responsabilidade e fazem suas obrigações tranquilamente”, assegura ele. “Sem contar na credibilidade que o pessoal do Kumon tem, eles são ótimos, mas precisam da colaboração dos pais”, acrescenta Mauro.

Quer saber mais sobre o autodidatismo? Acesse kumon.com.br ou entre em contato com a Unidade Kumon Andradina.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM VIVER MAIS
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.