Pimenta

Na região, briga política já começou

Em Castilho, polêmica está em torno da construção de usina fotovoltaica; coluna traz ainda condenação de ex-prefeito e calote de organizadores de show em Birigui

Da redação
30/11/19 às 14h00

Em Castilho, o período eleitoral ainda está longe, mas a disputa por votos já teve início. Nesta semana, o ex-prefeito de Castilho Joni Buzachero (PSDB) usou as redes sociais para confrontar a prefeita Fátima Nascimento (DEM). De acordo com Joni, uma das primeiras medidas tomadas pela chefe do Executivo foi revogar a lei que concedia isenção do ISSQN durante a instalação de projetos de energia fotovoltaica no município, sancionada durante o governo dele. A medida pode colocar em risco o investimento de R$ 750 milhões da empresa espanhola Solatio, que quer construir um complexo de usinas fotovoltaicas na área rural de Castilho.

Isenção de ISSQN

No vídeo, Joni mostra um documento que protocolou em 21 de outubro, na Prefeitura, “na condição de cidadão e em prol do povo de Castilho”, apelando para que a prefeita envie de imediato novo projeto de lei para a Câmara revigorando a isenção da cobrança de ISSQN, conforme prometido pela administração anterior à empresa. No entanto, como o projeto das usinas foi apresentado e viabilizado na gestão de Joni, se concretizado, somará pontos para o rival de Fátima, situação que não deve agradá-la nem um pouco.

Usina em Birigui

Além de Castilho, a Solatio investirá R$ 858 milhões em usina fotovoltaica em Pereira Barreto. Em Penápolis e Barbosa, dois projetos menores estão em fase final de instalação, porém são construídos pela GreenYellow do Brasil, com geração créditos para a empresa de telefonia Claro. Os quatro projetos podem não ser os únicos na região de Araçatuba, uma das que mais tem incidência solar no Estado. Nesta semana, a Prefeitura de Birigui respondeu sondagem da Investe SP, que procura uma área de 50 mil metros quadrados para geração de energia solar fotovoltaica. O prefeito Cristiano Salmeirão (PTB) disse que já indicou uma área do município e também alguns terrenos de particulares que atendem as exigências do projeto.

Condenação

O ex-prefeito de Birigui Wilson Borini (DEM) foi condenado novamente pela Justiça por improbidade administrativa. O TJ-SP aceitou recurso do Ministério Público e o condenou pela contratação de show da dupla Zezé di Camargo e Luciano sem licitação, para apresentação no dia 7 de dezembro de 2011, na comemoração do centenário de Birigui. De acordo com a ação, houve superfaturamento. Na época, foram pagos R$ 230 mil pelo show, mais a montagem da estrutura, hospedagem e segurança. Uma empresa foi condenada no mesmo processo e terá que ressarcir, junto com Borini, o dano causado ao erário público, além do pagamento de multa.

Daniel em Araçatuba

Em Araçatuba, o show do cantor Daniel, que acontecerá na próxima segunda-feira (2), também foi contratado por inexigibilidade de licitação. A justificativa da Prefeitura é a lei de licitações. O valor do show não foi divulgado.

Calote

Ainda sobre o tema “shows”, deu o que falar nesta semana o suposto calote que a organização da Expô Birigui deu em prestadores de serviços do evento, que ocorreu de 8 a 11 de agosto, com entrada franca para a população. O assunto foi tratado em rede nacional e amplamente replicado em redes sociais. Oficialmente, a Prefeitura informa que a parceria com o evento é apenas na cessão do terreno para a realização dos shows. No entanto, o palco, na época, virou palanque, o que gerou requerimentos na Câmara dos Vereadores.

Goteiras com fezes

O prédio próprio da Câmara de Birigui tem que ficar pronto, e com urgência. A forte chuva que caiu nesta semana e transbordou o córrego Biriguizinho também “alagou” a Casa de Leis. O revestimento de PVC de um dos gabinetes parlamentares rompeu, encharcando um vereador com água e dejetos de pombos que ficam acumulados no forro. Aliás, em todo corredor da Casa é possível verificar a grande quantidade de dejetos de aves acumulada entre a cobertura do prédio e o forro, mesmo sendo tomadas medidas para espantar os pombos. Vale lembrar que as fezes são consideradas nocivas à saúde, causadoras de problemas respiratórios, e o contato com esse tipo de sujeira é considerada atividade insalubre.

Ausência, de novo

Novamente Cristiano Salmeirão não prestigiou a vinda de autoridade do governo estadual em evento realizado em Araçatuba. Do encontro, com a presença de João Doria (PSDB), participaram quase 40 prefeitos da região. Entre os municípios ausentes estava Birigui. Na véspera, estava marcada uma coletiva de imprensa para falar sobre o Mundial de Kart que ocorrerá no kartódromo de Birigui em 2020. Será que Salmeirão também não participaria?

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM PIMENTA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.