Viver Mais

Cicloturista lança livro com relatos sobre suas viagens de bicicleta pelo mundo

Vera Marques, de 63 anos e moradora em Araçatuba, já percorreu mais de 20 mil quilômetros em 26 viagens por diversos países

Da redação - Hojemais Araçatuba
09/03/22 às 17h47
(Foto: Divulgação)

Observar as paisagens, lugares belos, conhecer culturas, estar perto da natureza, sentir a brisa leve no rosto e, às vezes, também ventos desestabilizantes de 90 quilômetros por hora no corpo todo. Ao eleger para si a bicicleta o melhor meio para se fazer turismo, a psicóloga aposentada Vera Marques, 63 anos, de Araçatuba (SP), passou a colecionar momentos memoráveis e muitas histórias para contar.

As melhores aventuras e situações vividas por ela por meio do cicloturismo – uma das formas mais saudáveis, econômicas e ecológicas de viajar a passeio – foram reunidas no livro Viajando de Bicicleta Mundo Afora , que será lançado em Araçatuba neste domingo (13).

O evento de lançamento será realizado das 9h às 12h em espaço aberto, em ambiente que remete à natureza e ao clima das viagens: um terreno com árvores e gramado na avenida Café Filho (que estará sinalizado e com tendas coloridas para abrigar o público). A programação conta com uma exposição de fotos das viagens, apresentação do livro, sessão de autógrafos e bate-papo sobre cicloviagem. A entrada é gratuita. 

A obra tem 659 páginas e foi publicada pela Editora Astrolábio, que integra o Grupo Editorial Atlântico, uma editora luso-brasileira e um dos grupos editoriais de língua portuguesa mais conhecidos no mundo. A publicação acontece em Portugal, Brasil, Angola e Cabo Verde.

Vera já participou de uma reportagem do Hojemais Araçatuba, em 2019. Para acessar, clique aqui

Como tudo começou

Vera, que nasceu em Echaporã (SP), começou a viajar de bicicleta em 2014.  Sua primeira rota foi a Estrada Real de Ouro Preto a Diamantina (MG). Ela conta que, depois dessa experiência inicial, sentiu que poderia ir para qualquer lugar, desde que houvesse planejamento e disposição. “Descobri que nenhum meio de transporte inspira uma observação mais pormenorizada que a bicicleta. E ainda é uma viagem sustentável e econômica”, comenta.

Em 2017, então com 58 anos, ela decidiu se aposentar, o que lhe permitiu viver com mais frequência as experiências de viajar e conhecer o mundo pedalando. “Abri mão de um trabalho sólido e de um bom salário. Acreditei que já havia contribuído muito com a sociedade, pois comecei a trabalhar aos 14 anos com todos os direitos trabalhistas – me aposentar cedo foi uma conquista. Com o início da aposentadoria, decidi explorar as coisas do mundo pelo cicloturismo. Sempre fui muito curiosa”, conta.

Até agora, foram mais de 20 mil quilômetros percorridos, em 26 viagens por diversos países. Na Europa, visitou França, Espanha, Itália, Áustria, Alemanha, Suíça, Portugal, Inglaterra, Eslováquia, Hungria e Eslovênia. Na Oceania, conheceu a Nova Zelândia; na Ásia, o Japão; na África, a África do Sul; e na América do Sul, além do Brasil, passou pelo Chile e pela Argentina. No Brasil, esteve nos estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina. Alguns desses roteiros ela fez sozinha: Japão, França, Espanha, Portugal, Inglaterra, Hungria, Eslováquia, Eslovênia, Suíça e, no Brasil, a Rota Romântica no Rio Grande do Sul.

(Foto: Divulgação)

Destaques

Vera afirma que todas as rotas têm seu encanto, mas que gosta muito da Inglaterra, onde esteve por duas vezes, em 2016 e 2018. A zona rural e as pequenas cidades (sobretudo as medievais) têm, segundo ela, uma beleza indescritível e muita História.

A viagem mais difícil foi a Patagônia argentina e chilena, em 2019. Ela lembra que foram 1.300 quilômetros de lugares inóspitos e ventos que atingiam 90 quilômetros por hora. “Eu literalmente era arremessada para o outro lado da pista e exigia muito esforço para voltar. Foi necessário fazer acampamento selvagem, pois às vezes pedalávamos 100 km sem encontrar uma viva alma”, conta.

E a rota que mais gostou foi o Caminho de Santiago de Compostela, na Espanha, percorrido em 2015. “Eu não tinha nenhuma intenção religiosa ou busca de questões existenciais (razão de muitos que fazem o caminho), mas tinha uma curiosidade grande de ver quem eram as pessoas que passavam por ali, e o que tinha nesse caminho que atraia tantas pessoas. Encontrei tanta gente e tantas estórias que me fizeram sentir uma magia até então desconhecida para mim”, diz.

Incentivos

Este é o primeiro livro publicado por Vera, que já gostava de registrar suas memórias turísticas desde suas primeiras viagens, quando colocou no ar seu blog www.pedalareviajar.com.br . Durante o isolamento social da pandemia, ao organizar seus cadernos de anotações que leva durante os trajetos, percebeu que havia muito conteúdo que ainda não estava em sua página na internet e decidiu publicar tudo em formato físico.

“Pensei em escrever o livro para registrar e talvez despertar ou incentivar outras pessoas a utilizarem a bicicleta como meio de transporte para viajar”, diz. Em um dos capítulos, aliás, a autora conta como se prepara para as viagens, desde a escolha dos roteiros, até toda a estrutura necessária para realizá-los.

(Foto: Divulgação)

Cicloturismo

Vera conta que tem um cuidado especial ao escolher seus roteiros: “procuro por rotas que tenham estrutura disponível para ciclismo, rotas demarcadas e com sinalização e que tenham mapas físicos”.

Ela afirma que na Europa, faz uso das rotas da Eurovelo - Rede Europeia de Ciclovias. Trata-se de um projeto da Federação Europeia de Ciclistas para desenvolver 16 rotas de ciclismo de longa distância, cruzando todo o continente Europeu. O comprimento total destas rotas até agora (pois encontram-se ainda em desenvolvimento) ultrapassa os 90 mil km.

A ciclista destaca ainda que no Brasil, além da Estrada Real e da Rota Romântica, já citadas, existem várias outras rotas sinalizadas para ciclismo, como Vale Europeu e Circuito Araucárias (SC), Caminho da Fé (interior de SP – destino: Aparecida), entre outros.



(Foto: Divulgação)

Serviço

Livro Viajando de Bicicleta Mundo Afora

De Vera Marques

Editora Astrolábio

659 páginas

R$ 65 (no dia do lançamento)

Evento de lançamento

Domingo (13), das 9h às 12h

Local: espaço aberto na Av. Café Filho, em Araçatuba (SP)

Entrada gratuita

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM VIVER MAIS
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.