AO VIVO
Ciência e Tecnologia

UEM é a 22ª da América Latina em pesquisa

Destaque foi em ranking SIR (Scimago Institutions Ranking) que avalia o desempenho da pesquisa, resultados de inovação e impacto social medido pela visibilidade na web

Com Ascom/UEM - Redação - HojeMais Maringá
11/04/22 às 17h10

A UEM (Universidade Estadual de Maringá) é a 22ª da América Latina entre as universidades avaliadas, a 13ª do Brasil e a 2ª do Paraná, segundo o SIR (Scimago Institutions Ranking), um trabalho desenvolvido pelo Scimago Research Group, organização de pesquisa com sede na Espanha, composta por membros do CSIC (Conselho Nacional de Pesquisa da Espanha) e algumas universidades daquele País.

A UEM teve um salto significativo nos últimos anos, pois em 2018 ocupava as posições de: 43ª na América Latina, a de 26ª no Brasil e a de 3ª no Paraná.

O SIR tem um escopo diferente dos outros rankings, pois não se concentra apenas em universidades e institutos de pesquisa, mas abrange para todas as instituições que fazem pesquisa e têm produção acadêmica, divididos em 5 setores: universidades; governamental (ministérios, autarquias, etc); empresas (incluindo Google, Facebook, Alphabet, Microsoft, entre outras); saúde (institutos, hospitais, organizações sociais); e organizações sem fins lucrativos.

A metodologia utilizada para analisar, classificar e ranquear cada instituição é dividida em três categorias, sendo a pesquisa o maior peso, compondo 50% da nota, inovação (30%) e sociedade (20%). Em pesquisa são analisados vários fatores, como a quantidade de artigos publicados, além do impacto e volume de citações. Em inovação, é avaliada a quantidade de patentes desenvolvidas pelas instituições e as menções de ciência e tecnologias desenvolvidas, que são citadas nas patentes publicadas em outras universidades. 

Em sociedade é avaliado o impacto que as publicações da instituição, científicas ou não, repercutem na sociedade, incluindo o número de leituras e compartilhamentos, o tamanho e a quantidade de conexões do website institucional.

Neste levantamento, foram ranqueadas 8.084 instituições do mundo todo. Os resultados apontam que a Universidade de São Paulo (USP) é a primeira instituição brasileira no ranking, ocupando a 43ª posição na classificação mundial e, entre universidades, aparece na posição 23ª.

Além de universidades que tradicionalmente aparecem nos rankings, o Scimago também classificou o Instituto Osvaldo Cruz e o Instituto Carlos Chagas, na área da saúde, a Embrapa em governamental, a Petrobras em empresas, e o Instituto D'Or Pesquisa e Ensino e o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais na categoria de organizações sem fins lucrativos. 

A UEM ocupa a posição 420 entre as universidades do mundo. Na região da América Latina, a UEM está na e 37ª posição entre todos os setores e em 22º lugar entre as universidades.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.