Cotidiano

Prefeitura de Sarandi rateia R$ 3,3 milhões a 865 professores ativos com "sobras" do Fundeb

Valor pago a cada um dos professores variou de acordo com o salário base e carga-horária cumprida por eles; dinheiro foi depositado nesta quarta-feira (26)

Victor Faria - HojeMais Maringá
26/01/22 às 14h55

A Prefeitura de Sarandi pagou R$ 3,3 milhões para professores ativos da rede municipal, como abono do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica), nesta quarta-feira (26). Esse montante foi distribuído a 865 professores da cidade, que receberam a verba de forma proporcional, de acordo com o salário base e carga-horária de trabalho.

Segundo o secretário de Educação de Sarandi, Antônio del Nero, o rateio foi feito pois o município não alcançou o gasto de 70% com folha de pagamento pelo Fundeb. Com a verba remanescente, a administração optou em dividir o dinheiro entre os professores ativos da cidade.

"Muita gente se aposentou no ano passado. Pela LC (Lei Complementar) nº 173/2020, o município não pode aumentar o salário dos servidores e nem contratar. Desta forma, o governo federal aumentos os repasses do Fundeb e tivemos uma sobra para alcançar os 70% de gasto com folha. Foram esses recursos que foram repassados", explicou del Nero.

Essa prática de divisão das sobras, disse o secretário, não era feita há 16 anos. Com a autorização do Governo Federal em fazer a repartição da verba, foi publicado o decreto nº 691/2022, assinado pelo prefeito Walter Volpato, que instituiu os valores e regras - incluindo aqueles que tem ou não direito de receber.

  • Não tiveram direito de receber a cota:
  • Os estagiários do Sistema Municipal de Ensino de Sarandi;
  • Os servidores que tenham sido afastados durante o ano de 2021 por período igual ou superior a 180 (cento e oitenta) dias, salvo por acidente de trabalho e licença maternidade;
  • Profissionais da Educação (professores) contratados pelo regime temporário, Processo Seletivo Simplificado (PSS);
  • Os servidores que estiverem em gozo de licença por motivo de afastamento do cônjuge e de licença para tratar de assuntos particulares;
  • Os servidores cedidos a outros entespoliticosou que estejam cedidos em favor do Município com ônus ao cessionário.  

 

Confira o decreto que regulamenta o rateio, aqui .

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.