Cultura

Maringá envia ofício ao Governo Federal solicitando verba para construção de Polo Cinematográfico no município

Município solicita R$ 40 milhões para a construção do espaço; contrapartida seria um espaço de 5 mil metros quadrados para abrigar o projeto

Victor Faria - HojeMais Maringá
01/03/21 às 16h25

A Prefeitura de Maringá, através da Semuc (Secretaria Municipal de Cultura), encaminhou ao Governo Federal, na figura do Secretário Especial de Cultura, Mario Farias, um ofício solicitando o repasse de R$ 40 milhões para a construção de um Polo Cinematográfico na cidade.

O documento foi assinado pelo prefeito Ulisses Maia e pelo secretário de Cultura Victor Simião, demonstrando interesse em realizar o projeto.

No documento, o município aponta que o cuidado com a cultura pode ser verificado através do orçamento dedicado à pasta: R$ 21 milhões para 2021, o que representa cerca de 1% do orçamento de Maringá.

Caso o Protocolo de Intenções do município seja atendido, a administração calcula que o projeto irá criar cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos, para o município e as cidades em volta.

A verba repassada pelo governo federal seria uma contrapartida, já que a cidade iria disponibilizar um terreno de cerca de 5 mil metros quadrados para a construção do polo. Isso colocaria o polo maringaense de cinema entre os maiores das Américas - desconsiderando os espaços de Los Angeles. 

Para se ter ideia - a título de comparação - o maior estúdio de gravação de novelas da Rede Globo tem 1.500 metros quadrados e o maior estúdio do Polo de Cinema de Paulínia tinha 1.300 metros quadrados, dimensões inferiores ao que seria disponibilizado pela prefeitura de Maringá. 

"Temos sido demandados por parte de produtores de cinema para amparar a criação do 'Polo Cinematográfico de Maringá'. Em reunião recente, o grupo apresentou à Secretaria Municipal de Cultura a necessidade para a efeitivação desse projeto", disse parte do ofício encaminhado à Secretaria Especial da Cultura, do Governo Federal.

O município aguarda, agora, a posição do Governo Federal, para saber se, com a contrapartida, será possível fazer a construção do espaço. Parte da argumentação do protocolo, se baseia no fato de Maringá ser a melhor cidade do Brasil para se viver. 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CULTURA
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Kris Schornobay / Amaro de Oliveira
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.