AO VIVO
Especial

Paranaenses se destacam no Prêmio Nacional de Inovação

Iniciativa da CNI e do Sebrae reconhece empresas e ecossistemas de inovação no Brasil

Ascom/Sebrae - Redação - HojeMais Maringá
09/03/22 às 22h21

A CNI (Confederação Nacional da Indústria) e o Sebrae revelaram nesta terça-feira (08), os vencedores da 7ª edição do Prêmio Nacional de Inovação. Das 44 instituições finalistas, 15 empresas e três ecossistemas de inovação tiveram seus esforços em inovação reconhecidos. O Paraná teve 9 finalistas e venceu em 5 modalidades, com destaque para pequenos negócios, ecossistemas de inovação, médias e grandes empresas, onde representantes do estado obtiveram a primeira colocação. Além das paranaenses vencedoras, a Hilab, de Curitiba, recebeu um reconhecimento especial por suas práticas inovadoras em SST (Saúde e Segurança no Trabalho).

O resultado, segundo o diretor de Operações do Sebrae Paraná, Julio Cezar Agostini, reflete um movimento em rede no estado, que já reconheceu a inovação como um importante instrumento para o desenvolvimento econômico e a sustentável.

“Temos trabalhado com habitats, parques tecnológicos, incubadoras, governo estadual, prefeituras, sistema S e empresas para estimular o surgimento de projetos e negócios que tenham a inovação como diferencial competitivo. O resultado é esse destaque na premiação, que reflete um reconhecimento nacional sobre as iniciativas que têm transformado o Paraná todo em um solo fértil para ações inovadoras”, comenta Agostini. Em 2021, no Paraná, 103.203 MPE foram atendidas pelo Sebrae com soluções específicas de inovação.

Paranaenses no pódio

A Oficina do Sorvete, de Foz do Iguaçu, ficou no topo do pódio na modalidade pequenos negócios, categoria “inovação em sustentabilidade”. A empresa criou, a partir de uma demanda apresentada pelo Parque das Aves, a linha Sabores do Iguaçu de sorvetes com frutas nativas, algumas já em processo de extinção, do Parque Nacional do Iguaçu. No processo, além de apresentar aos consumidores sabores diferenciados e que são provenientes da flora local, a linha gera demanda para produtores rurais de agroflorestas e estimula o cultivo de frutas nativas, revertendo o processo de extinção.

“Quando fiquei sabendo do PNI, estava passando por um momento delicado da pandemia e precisava ter foco total para buscar soluções. O Sebrae insistiu para que eu participasse do Prêmio, principalmente, porque a linha Sabores do Iguaçu precisava ser conhecida. Mas, vir até aqui e estar pareada com empresas incríveis me deu muito mais que visibilidade: trouxe a certeza de que estamos no caminho certo”, comenta a proprietária da empresa, Maria Cristina Ventura Muggiati.

Maria Cristina Ventura Muggiati comemora a conquista do primeiro lugar no palco do CNI. Foto: Murilo Moser

Segundo ela, a ocasião do Prêmio fez com que toda a equipe se sentisse em uma final de Copa do Mundo e a torcida para que a Oficina recebesse o primeiro lugar era grande.

“Preciso agradecer a todos que participaram: nossa equipe, que abraçou o projeto; ao Parque das Aves, que nos trouxe a demanda e ajudou a viabilizar; aos produtores rurais, que se motivaram com a linha; e ao Sebrae, que nos motivou, apoiou e mostrou que era possível. Esse prêmio é um somatório de muitas parcerias”, conclui a empreendedora.

Na categoria de ecossistemas, dois paranaenses se destacaram. O SRI (Sistema Regional de Inovação) do Norte Pioneiro do Paraná foi vencedor do prêmio na categoria ecossistemas em estágio inicial. Criada em 2016, a governança atua para fomentar a cultura da inovação e estruturar projetos que visam promover o desenvolvimento econômico da região.

A presidente do SRI do Norte Pioneiro, Angélica Cristina Cordeiro Moreira, que participou da cerimônia de entrega da premiação em São Paulo, diz que o reconhecimento representa a coroação do trabalho realizado há cinco anos, que começou com lideranças de cinco municípios - Andirá, Bandeirantes, Cambará, Jacarezinho e Santo Antônio da Platina – e hoje já conta com a adesão de outros seis - Ribeirão Claro, Joaquim Távora, Siqueira Campos, Wenceslau Braz, Ibaiti e Carlópolis – somando 11 cidades.

“Acreditamos que a inovação é a ferramenta para impulsionar a competitividade dos negócios locais”, afirma. Angélica lembra que, antes da formação da governança, a inovação não era uma pauta do norte pioneiro. A maior parte das prefeituras atuava focada em educação, saúde e estrutura urbana, mas não havia um projeto estruturante para planejar o desenvolvimento econômico e sustentável da região. O trabalho executado pelo SRI é baseado nos pilares empreendedorismo, tecnologia e inovação.

Angélica Cristina Cordeiro Moreira, presidente do SRI do Norte Pioneiro do Paraná, recebendo o prêmio.

O SRI Iguassu Valley - Sistema Regional de Inovação do Oeste do Paraná, conquistou o primeiro lugar na categoria ecossistemas consolidados. O Sistema, que tem seu surgimento dentro da Câmara Técnica de Inovação do Programa Oeste em Desenvolvimento, em 2016, e do movimento Iguassu Valley, em 2017, foi destaque pela organização sistêmica que possui na região.

“Não é um trabalho de Cascavel, Toledo ou Foz do Iguaçu: o SRI conseguiu reunir toda a região em prol da inovação e criou uma governança muito atuante onde todos os atores conversam regularmente. Não tem como fazer inovação no Oeste e passar despercebido e isso foi reconhecido”, indica o coordenador do SRI Iguassu Valley, Jadson Siqueira. “É um trabalho operativo, feito em toda a região, liderado por empreendedores de pequenas, médias e grandes empresas para gerar inovação”, completa.

Para Jadson Siqueira, coordenador do SRI Iguassu Valley, o prêmio posiciona o oeste paranaense como referência em inovação.

Sobre o Prêmio Nacional de Inovação

O PNI é uma iniciativa da MEI (Mobilização Empresarial pela Inovação), realizado pela CNI (Confederação Nacional da IndústriaI) e pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). É a única premiação do país que entrega um relatório personalizado e gratuito a todas as instituições inscritas, com feedbacks, identificação de pontos fortes e oportunidades de melhorias, além do comparativo entre as candidatas da mesma modalidade.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM ESPECIAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.