Geral

Diferença encontrada pelo Procon nos preços de testes rápidos, chega a quase 30%

Pesquisa foi realizada durante a semana em farmácias e laboratórios da cidade. A maior diferença está no teste de anticorpos, sendo o menor preço de R$ 79 e o maior, R$ 99,90

Com Siacom - Redação - HojeMais 
22/01/22 às 11h34

O Procon de Maringá realizou uma pesquisa de preços de testes rápidos de covid-19 em farmácias e laboratórios da cidade, durante esta semana. O levantamento  foi baseado em denúncias da comunidade de que haveria aumento abusivo pela grande procura dos testes. Segundo o órgão de defesa do consumidor, a computação dos dados ainda não terminou, mas já foi identificada uma diferença de até 26,46% entre os estabelecimentos. 

O Procon informou que cinco farmácias e quatro laboratórios foram notificados e deverão enviar os preços. O relatório será fechado na próxima quarta-feira (26). "Estamos aguardando o envio dos documentos para identificar se houve ou não aumento injustificado nos preços", disse a coordenadora do Procon, Patrícia Parra. “O aumento da demanda não justifica o aumento dos preços”.

Diferença

A maior diferença está no teste de anticorpos, sendo o menor preço de R$ 79 e o maior, R$ 99,90, caracterizando 26,46% de diferença. Já o de antígeno varia entre R$ 89 e R$ 100, sendo 12,36% de diferença. Outros tipos, como PCR e de H1N1, serão computados também em seguida. 

Essa é a segunda pesquisa realizada pelo Procon em Maringá em 2022. Na semana anterior foi feita uma pesquisa sobre preços dos materiais escolares. 

Conforme informações da prefeitura, no ano passado, o Procon realizou 22.379 procedimentos, sendo 19.545 atendimentos. Além de vistorias em supermercados, lojas do comércio de rua e em shoppings, postos de combustíveis, bancos, entre outros.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.