o apoio da população e das lideranças políticas 

contra o fechamento da agência Mandacaru, do Banco do Brasil

" /> o apoio da população e das lideranças políticas 

contra o fechamento da agência Mandacaru, do Banco do Brasil

" />
   AO VIVO
Geral

Funcionários do Banco do Brasil protestam contra fechamento de agência e demissões

O ato público pede o apoio da população e das lideranças políticas 

contra o fechamento da agência Mandacaru, do Banco do Brasil

Redação HojeMais Maringá
19/01/21 às 12h36

O Sindicato dos Bancários de Maringá e Região realizou ato público
para pedir o apoio da população e das lideranças políticas e da comunidade
contra o fechamento da agência Mandacaru, do Banco do Brasil.

O fechamento desta agência faz parte de um plano de reestruturação do
Banco do Brasil, que prevê o fechamento de centenas de agências em
todo o Brasil e a dispensa de cerca de 5 mil trabalhadores, entre outras
medidas que pretendem exugar os custos da empresa para posterior privatização.

O sindicato dos Bancários quer a atenção das autoridades locais, prefeito, vereadores e deputados para a defesa da manutenção da agência. 

Claudecir Souza, presidente do sindiato da categoria, alerta que a unidade bancária atende a população de 40 bairros da região e o fechamento prejudicadas milhares de pessoas entre correntistas, aposentados, comerciantes.

Gente como  Jacinta dos reis Oliveira, cliente do banco, que se disse muito triste com a notícia. "Esse fechamento não se justifica. Aqui há vários colégios na região e os funcionários públicos da educação e isso vai prejudicar não só cliente, que vai ter de se deslocar para agências do centro da cidade, mas também a econômia da região." Explica.

PRIVATIZAÇÃO DO BANCO

O sindicato alega, em carta aberta à população, que por trás dessas medidas éestá o desmonte do Banco do Brasil, um banco público que tem um papel histórico no desenvolvimento econômico e social do país. 

"O Banco do Brasil e seus funcionários estão atuando na linha de frente no
atendimento à população durante esta pandemia, com todas as dificuldades
que a falta de estrutura da instituição trouxe para nosso trabalho, demonstrando o quão fundamental é o serviço prestado a toda a sociedade. 

A população será prejudicada de diversas formas com essa reestruturação. Uma delas é a redução dos caixas executivos, que vai afetar diretamente o serviço de atendimento ao público.

Os funcionários do Banco do Brasil não vão aceitar essa arbitrariedade da direção do banco. Estão dispostos a iniciar um calendário de lutas que não descarta a greve como ferramenta para barrar esse ataque ao BB.

Convocamos a população a apoiar esta luta contra este plano do Banco do Brasil, que aumenta o desemprego e piora o atendimento, uma reestruturação que faz parte de um plano maior de desmonte geral do serviço público no Brasil. "

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.