Geral

Roneys Fon Firmino Gomes é absolvido em Juri nesta terça

Conhecido como Maníaco da Torre, réu já foi julgado e condenado pelas mortes de Edinalva José da Paz – morta aos 19 anos – e Silmara Aparecida Melo, com 33 anos. Pelos crimes ele foi condenado a 43 anos de prisão

Redação - HojeMais Maringá
24/05/22 às 21h37

Roneys Fon Firmino Gomes, conhecido como 'Maníaco da Torre', foi absolvido no Tribunal do Juri nesta terça-feira (24), no Fórum de Maringá.

O julgamento foi pela morte de uma mulher não identificada. Roneys é acusado de matar pelo menos seis mulheres em Maringá. Os crimes ocorreram entre 2009 e 2015 – quando ele foi preso. A polícia, no entanto, suspeita do envolvimento dele na morte de outras mulheres.

No julgamento desta terça, a defesa de Roneys convenceu os jurados de que não havia materialidade para condenação do réu. Por isso, ele foi absolvido

Roneys já foi julgado e condenado pelas mortes de Edinalva José da Paz – morta aos 19 anos – e Silmara Aparecida Melo, com 33 anos. Pelos crimes ele foi condenado a 43 anos de prisão.

De acordo com a Justiça,  há júris programados para 1 de junho, pela morte de Roseli de Souza e 9 de junho, em que é acusado de matar Mara Josiane dos Santos, de 36 anos. Roneys ficou conhecido como Maníaco da Torre, porque em comum entre os crimes, estava deixar os corpos das vítimas embaixo de torres de transmissão.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.