AO VIVO
Geral

UEM afirma que obra onde lajes desabaram não estava embargada  

Instituição ainda informou que alvará de projeto e execução foi devidamente concedido pela prefeitura e que todos que estavam no local no sábado (25), no momento da ocorrência, usavam os equipamentos de proteção individual

Redação - HojeMais Maringá
27/06/22 às 10h16

A UEM (Universidade Estadual de Maringá (UEM) informou na manhã desta segunda-feira (27), que lamenta a circulação de informações falsas a respeito do acidente no câmpus sede, no último fim de semana.

Em nota, a instituição esclarece que não houve embargo do Bloco Q-07 e que o alvará de projeto e execução foi devidamente concedido pela Prefeitura de Maringá (documento em anexo). É importante ressaltar que todos que estavam no local no sábado (25), no momento da ocorrência, usavam os equipamentos de proteção individual, o que, segundo médicos e Corpo de Bombeiros, foi primordial para não ter havido gravidade às vítimas.

Segundo informações dos hospitais, dois dos envolvidos já tiveram alta médica (Hospital Universitário e Metropolitano) e três permanecem hospitalizados, estáveis.

Os boletins médicos dos três homens que continuam em observação são informados diretamente por cada unidade (Bom Samaritano, Hospital Universitário e Santa Casa).

A Reitoria acompanha os estados de saúde das pessoas e solidariza-se com elas. E na manhã de hoje (27), a universidade instaurou um processo administrativo para apuração do acidente.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.