Geral

Vereadores aprovam reposição inflacionária de 5,19% aos servidores de Maringá

Aprovação da reposição recebeu 13 votos da câmara e foi realizada em duas sessões, uma delas extraordinária. Reposição dos servidores não incluem os vereadores, prefeito e vice-prefeito

Redação - HojeMais Maringá
21/04/21 às 10h19
Câmara realizou sessão extraordinária para aprovar em segunda discussão a reposição dos servidores (Foto: CMM)

Na sessão ordinária desta terça-feira (20), a Câmara Municipal de Maringá aprovou, em primeira e segunda discussões, a recomposição inflacionária de 5,19% aos servidores municipais do Executivo e Legislativo, retroativo a 1º de março, incluindo os inativos, pensionistas, empregados públicos, funções gratificadas e cargos comissionados.

Para isso, os vereadores realizaram uma sessão extraordinária ao final da ordinária.

Os projetos de autoria do Executivo foram aprovados com 13 votos e não incluem os vereadores, prefeito e vice-prefeito. Devido ao momento de pandemia, os agentes políticos desses cargos, preferiram não ser beneficiados com a reposição neste momento.

A porcentagem aplicada se baseia no IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), entre 1º de março de 2020 e 28 de fevereiro de 2021.

Também aprovado o projeto do vereador Sidnei Telles, intituindo o Prodem/Empresa, isentando Imposto Sobre Serviços (Foto: CMM)

Ainda nas sessões

Neste encontro, também foi aprovado, por 14 votos, projeto do vereador Sidnei Telles, que institui o Programa de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Prodem/Empresa) isentando do ISS (Imposto Sobre Serviços) os serviços da construção civil executados por prestadores de serviços.

Também foram analisados e votados 21 requerimentos de informação ao Executivo em discussão única.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Kris Schornobay / Amaro de Oliveira
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.