AO VIVO
Opinião

Contagem regressiva para o título do Galo

Se o Atlético-MG não repetir o São Paulo, que derreteu na reta final do último Brasileirão, será campeão pela primeira vez em 50 anos

Neto del Hoyo - Dois Toques/HojeMais Maringá
25/10/21 às 19h46

O Atlético-MG está cada dia mais perto de conquistar o Campeonato Brasileiro. Somente um desastre pode impedir o Galo de levantar o caneco 50 anos depois da conquista comandada por Dadá Maravilha, em 1971. 

Desastre que só aconteceu uma vez no futebol nacional desde a implantação dos pontos corridos. Acontece que o clube mineiro não dá pistas de que repetirá o desempenho do São Paulo, que chegou a ter dez pontos de vantagem em 2020 e derreteu nas rodadas finais abrindo espaço para o Flamengo de Rogério Ceni.

O mesmo Flamengo é quem pode atrapalhar a festa do Galo desta vez. Pouco provável, é verdade, mas ainda possível. O jogo de sábado, entre o Rubro-Negro do Rio e o Alvinegro de BH, pode colocar de vez um ponto final nessa história. Se der Flamengo, o pulso ainda pulsa. Se vencer no Maracanã, o Atlético já pode comprar as faixas.

Segundo o jornalista PVC, dos canais Globo, o time comandado por Cuca precisa de 16 pontos para ser campeão. Dezesseis nos 33 que ainda tem para disputar. Com isso, chegaria nos 75 pontos - pontuação jamais alcançada por um vice-campeão. Como lembrou PVC, o melhor vice-campeão nos pontos corridos foi o Santos de 2019, com 74. Significa que de 2003, quando teve início o formato de disputa que conhecemos, até 2019, nenhum vice-campeão chegou nem aos 73 pontos. Não se trata de estatística, mas de história.

Se fosse para arriscar, diria que o Galo será campeão brasileiro no dia 21 de novembro, no Minerão, contra o Juventude, uma rodada antes de encarar o Palmeiras, em São Paulo. Mas isso é só um palpite e dos bem comuns. Afinal, ele depende de uma vitória do Galo sábado, contra o Flamengo em pleno Maracanã. 

"Dos 30 finalistas ao Bola de Ouro, 14 atuam hoje em clubes da Inglaterra. Finalistas da última Liga dos Campeões, Manchester City e Chelsea são os mais representados, com 5 cada"

SEXTA-FEIRA É DIA DE CONHECERMOS O MELHOR DO MUNDO

Com dois brasileiros (Neymar e o volante Jorginho, do Chelsea, naturalizado italiano e campeão da última Champions League e da Eurocopa-2020), a revista “France Football” divulgou os 30 finalistas ao tradicional prêmio Bola de Ouro, que será entregue sexta-feira (29).

Além de Neymar, Messi e Cristiano Ronaldo também aparecem na lista. Nada anormal. Mas apesar de tudo que já fizeram (e fazem) pelo esporte mais popular do planeta, acredito que outros nomes podem ganhar espaço entre os três melhores. Mbappé, Kanté, Lewandovski, Salah, De Bruyne, Haaland... Todos esses podem superar o trio famoso nesta temporada. Eu apostaria em Mbappé, Kanté, Lewandovski. Não necessariamente nessa ordem.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM OPINIÃO
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Amaro de Oliveira / Anderson Lopes
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.