AO VIVO
Opinião

Três verdades e uma mentira: Qual o problema do São Paulo?

Campeão paulista ainda não sabe o que é vencer depois de nove rodadas do Brasileirão; domingo caiu para o Bragantino, aliás, candidato ao título

Neto del Hoyo - Dois Toques/ HojeMais Maringá 
05/07/21 às 10h26

Bola vai, bola vem pelo Brasil enquanto algumas verdades e uma mentira ganharam força. Não quer dizer que vão se manter até o fim da temporada, mas podemos dizer que o Bragantino briga pelo título, o Corinthians melhorou com Sylvinho e a dupla Athletiba vai se encontrar novamente na Série A do ano que vem. Essas são as verdades de hoje e temos os números para nos apoiar.

Assim como em 1991, quando surpreendeu ao chegar na final do Brasileiro e ser vice-campeão perdendo para o São Paulo de Telê Santana, o time de Bragança Paulista vai, sim, brigar pelo caneco 30 anos depois. Com um dos melhores inícios da história do Brasileirão por pontos corridos, a equipe que manteve a base e se reforçou com promessas põe medo nos rivais e é um dos times que mais dá gosto de ver jogar.

Outra coisa que não se pode negar é que o Corinthians de Sylvinho, mesmo que continue irritando seu torcedor, melhorou. Sem encher os olhos de ninguém, mas só perdeu para dois times até aqui: Bragantino, líder invicto, e o surpreendente Atlético-GO, time bem montado por Eduardo Barroca.

Passadas nove rodadas, os invictos Red Bull Bragantino e Náutico lideram, respectivamente, séries A e B do Campeonato Brasileiro. Mas aqui, chegamos à terceira verdade. Quando o assunto é aproveitamento, essas duas equipes ficam atrás da dupla Athletiba. 

Na elite, o Furacão tem dois pontos e um jogo a menos (contra o Flamengo) que a equipe de Bragança Paulista.  Mesmo cenário vive o Coxa na Segundona, dois pontos e um jogo a menos (contra o Brusque) que o Náutico. Ou seja: enquanto o Athletico se consolida na parte de cima da tabela da Série A, o Coritiba deixa claro que vai lutar rodada a rodada para voltar à elite.

"Se as séries A e B terminassem hoje, teríamos São Paulo, Grêmio, Vasco, Botafogo e Cruzeiro na Segundona do ano que vem"

É MAIS FÁCIL TIRAR UM FUSQUINHA DO ATOLEIRO

A mentira? Essa fica na conta do São Paulo que perdeu (adivinha?) para o Bragantino no domingo.

A mentira é essa história de que o título paulista ia acalmar os ânimos do torcedor, trazer paz para Crespo trabalhar e o time brigar por Libertadores, Copa do Brasil, Brasileirão e qualquer outro campeonato que inventassem. Mentira.

Mas isso estava na cara, todo mundo sabia. O time pode ser bom, Crespo fazer um trabalho elogiável, tirar o Tricolor da fila com o título paulista, mas você não pode olhar para a linha de chegada enquanto dá os primeiros passos. 

O que ninguém contava, nem os mentirosos e nem os iludidos, era com uma campanha tão lamentável na Série A. São 5 pontos em 9 jogos. Nenhuma vitória.

Sofreu com desfalques? Sim, verdade.

Justifica não conseguir ganhar uma de nove? Não, sem chance.

Se o campeonato terminasse hoje, o São Paulo estaria rebaixado. E isso é outra verdade.

O campeão paulista abre hoje a zona de rebaixamento, o que é preocupante. Como lembrou o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, se não reagir logo, o São Paulo “correrá o risco de ser um caminhão no atoleiro. É mais fácil tirar um fusquinha.” 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM OPINIÃO
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.