Polícia

Polícia pede prisão do suspeito de agredir estudante de letras 

De acordo com testemunha, o homem, que já tem passagens pela polícia, teria agredido o jovem apenas por ser homossexual

Redação HojeMais
21/01/21 às 11h58

A Polícia Civil de Maringá procura o suspeito de agredir um jovem de 25 anos em Maringá na madrugada do último dia 9. Jadson Gabriel dos Santos Machado foi brutalmente espancado por motivações homofóbicas.

Luiz Henrique Vicentini, delegado responsável pelo caso, diz que  a partir das provas reunidas, foi solicitada a prisão preventiva do suspeito. O pedido foi deferido pela Justiça nesta quarta-feira, 20. No entanto, o acusado ainda não foi localizado e, até o momento, encontra-se foragido. 

Jadson Gabriel dos Santos Machado teve objetos pessoais roubados e foi brutalmente espancado e, segundo testemunhas ouvidas há indícios de homofobia.

O inquérito policial instaurado para investigar o caso está em andamento e a polícia ainda considera o crime como uma tentativa de latrocínio. 

O suspeito, tem uma longa ficha criminal, já foi condenado por roubo, crime cometido em 2016 em Paiçandu, e também responde por um homicídio cometido em uma cidade próxima a Paranavaí. 

A família de Jadson espera que o responsável seja preso o mais rápido possível.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Kris Schornobay / Amaro de Oliveira
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.