Polícia

Quadrilha suspeita de manter família refém após assalto, é presa em Cianorte

Família foi assaltada e mantida refém pelos criminosos em Jussara e depois abandonada em uma estrada rural

Amaro de Oliveira - HojeMais Maringá
15/04/21 às 13h43

A PM (Polícia Militar) de Cianorte (75 Km de Maringá - região noroeste) prendeu nesta quarta-feira (14) cinco suspeitos de integrarem uma quadrilha que assaltou e manteve uma família refém em Jussara, também na região noroeste.  

Segundo as informações da polícia, a família foi roubada e feita refém na noite de terça-feira (13) e depois abandonada em uma estrada rural do município de Jussara.

Os ladrões levaram dois veículos da propriedade, mas um deles foi visto trafegando pela rodovia PR-323 e perseguido pela polícia. Na fuga, o carro teria passado em um buraco e estourado um dos pneus. O condutor perdeu o controle e entrou em meio a um canavial. Os suspeitos fugiram pelo matagal.

Ainda nas buscas, algumas horas depois, os policiais desconfiraram de outro veículo em uma estrada rural de Cianorte. O carro foi seguido e parou em uma casa, possível ponto de drogas. A Polícia Militar chegou até à residência e abordou três pessoas no local. Os três homens admitiram ser os assaltantes que participaram da ação contra a família e mostraram aos policiais onde haviam deixado os veículos roubados.

A Polícia Militar chegou também a outros dois homens suspeitos que podem ter participado indiretamente do assalto. Um deles inclusive, é suspeito de ter resgatado os comparsas após fuga da polícia e o outro de ter cedido a casa, para que a quadrilha se escondesse.

Além dos veículos roubados, a polícia encontrou na casa, celulares e R$ 1.940 em dinheiro e tabletes de maconha.

Os suspeitos foram presos e estão sendo investigados.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria / Kris Schornobay / Amaro de Oliveira
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.