AO VIVO
Política

Câmara de Maringá terá energia solar

O custo para instalação de uma usina geradora de energia fotovoltaica gira em torno de 700 mil reais

Redação - HojeMais Maringá
01/07/22 às 15h23

O presidente do Legislativo maringaense, vereador Mário Hossokawa, informou aos vereadores na sessão desta quinta-feira (30) que a Câmara deu início ao processo para fazer a instalação de energia solar no prédio. “Desde a Legislatura passada assumi o compromisso de instalar a energia fotovoltaica na Câmara. Considero muito importante a geração de energia limpa. Com a instalação vamos não só economizar, mas principalmente contribuir para preservação do meio ambiente”, destacou.

Hossokawa ressaltou que houve pedidos de vários vereadores desta Legislatura para que a Câmara fizesse a opção por uma fonte de energia que contribuísse para a preservação do meio ambiente e fosse mais econômica. “Muitos vereadores nos pediram para fazermos a instalação da energia fotovoltaica, um dos principais defensores foi o vereador delegado Luiz Alves.”

Segundo o presidente, a expectativa é que até o final do segundo semestre tenha início a instalação da usina geradora. “Temos os prazos da licitação, mas esperamos que até o final deste ano ou no início do próximo as obras tenham início.”

A Câmara já contratou a empresa Hidelin Engenharia e Energia para elaborar o projeto básico e executivo para a instalação da usina geradora de energia. A empresa irá realizar estudo técnico preliminar, memorial descritivo, planilha orçamentária e cronograma físico-financeiro, além de outros serviços técnicos necessários para o fornecimento e instalação de usina geradora de energia solar através de placas fotovoltaicas no prédio da Câmara, contendo os detalhamentos para o fornecimento e instalação, incluídos todos os equipamentos necessários e eventuais taxas administrativas para regularização e homologação do sistema junto à COPEL.

A empresa tem até o final de julho para entregar os projetos. A expectativa é que em agosto seja lançado o edital de licitação e em setembro seja aberto o processo licitatório. Em um levantamento inicial da Divisão de Licitação o custo para instalação de uma usina geradora de energia fotovoltaica gira em torno de 700 mil reais.

Estudos mostram que dependendo do valor da conta de energia elétrica o custo para instalação de energia fotovoltaica se cobre em dois ou três anos. No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, a Câmara pagou em média 30 mil reais na conta de energia elétrica.

“A economia no longo prazo e a preservação do meio ambiente justificam o investimento. Temos que contribuir para a construção de um futuro melhor, preservando o meio ambiente para as novas gerações”, destacou Hossokawa.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Maringá PR
Franqueado:
SPOT COMUNICACAO DIGITAL LTDA
37.794.547/0001-16
Editor responsável:
Victor Faria
contato@mga.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.