Gestare Vita

Congelamento de óvulos

Saiba mais sobre esta técnica de preservação da fertilidade

Bianca Renó
17/08/18 às 08h05

A decisão de ter filhos cada vez mais tarde é uma verdade cada vez mais frequente hoje em dia, e passa por diversos fatores, como a estabilidade profissional, a segurança financeira, um relacionamento ideal, entre outras questões. Porém, em todas as conversas sobre fertilidade com o ginecologista e obstetra dr. Enéias Cano (CRM 4695, RQE 3216), ele acaba tocando no assunto com um alerta importante: quanto maior a idade da mulher, mais isso pode afetar sua capacidade de gerar uma criança naturalmente.

Pensando em ajudar esses casais que, por algum motivo, decidem postergar a concepção de um filho, a medicina aperfeiçoou técnicas de preservação da fertilidade, principalmente para mulheres que já planejam este momento para além dos 35 anos.

"A idade da mulher é um dos fatores que mais influencia na fertilidade do casal. É natural que, após os 30 anos, a reserva ovariana feminina comece a diminuir, o que impacta na redução de óvulos e no aumento de chances de aparecerem embriões com problemas genéticos - que podem gerar crianças com síndrome de Down e outras síndromes, algumas até mesmo incompatíveis com a vida. Por isso, após os 30 anos, indica-se o congelamento dos óvulos, o que possibilita uma gestação até os 50 anos, que é o limite de idade permitido pela legislação brasileira para receber uma inseminação artificial", explica o dr. Enéias. 

Outras indicações

Além da idade, existem duas situações que podem ser indicativas de técnicas de preservação da fertilidade, que são o congelamento de sêmen ou de óvulos e embriões:

- O homem ou a mulher vai passar por algum procedimento cirúrgico que comprometa a fertilidade.

- O homem ou a mulher vai realizar tratamento oncológico com potencial de afetar adversamente sua fertilidade.

Consulte-se sempre com seu ginecologista de confiança e acompanhe o blog para saber mais sobre ginecologia, fertilidade e assuntos relacionados. Tem alguma pergunta? Escreva-nos pelas redes sociais: www.facebook.com/gestarevita

Conheça o trabalho da Gestare Vita Três Lagoas no site: www.gestarevita.com.br

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

DR. ENEIAS CANO 

(CRM 4695, RQE 3216)

Graduado em medicina pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS. Residência médica em ginecologia e obstetrícia (AAMI-Campo Grande-MS). Pós-graduação em videolaparoscopia ginecológica pelo Instituto Fernandes Figueira-Rio. Pós-graduação em infertilidade pelo instituto Gera - São Paulo. 

 MAIS DE GESTARE VITA
VEJA TODAS DE GESTARE VITA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.