Gestare Vita

Fumar reduz em até 25% as chances de engravidar

O tabagismo atinge diretamente as chances de futuras gestantes

Giovanna Maia - Hojemais Três Lagoas
10/12/18 às 08h36

O tabagismo em si já é prejudicial para muitos fatores da saúde geral, mas para casais que pretendem engravidar, ele é um dos vilões. O vício em nicotina gera a dependência de substâncias que interferem diretamente para a qualidade ovulatória da mulher e, consequentemente, ocasionar a infertilidade do casal.

Fatores de risco para futuras gestantes fumantes

Segundo pesquisas, fumar reduz em até 25% as chances de engravidar e traz vários riscos para a gestante, podendo aumentar as chances de uma gravidez ectópica por causar uma lentidão no sistema reprodutor feminino (gravidez nas trompas), maior risco de um aborto espontâneo (o corpo fica menos oxigenado e a vascularização da região uterina é afetada impedindo a fixação do embrião no útero).

Já durante a gravidez, o cigarro é responsável por 40% dos casos de descolamento de placenta (quando ocorre a separação do útero da placenta e o bebê deixa de receber oxigênio e nutrientes). Risco de morte súbita da criança (parada respiratória durante o sono), prematuridade, a criança pode nascer abaixo do peso e agravamento da hipertensão são os outros fatores que põe em risco a saúde da mãe e do embrião.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo Dr. Eneias Cano (CRM 4695, RQE 3216), ginecologista e obstetra da clínica Gestare Vita, para quem pretende ter filhos o ideal é parar de fumar o quanto antes, assim os efeitos do tabaco têm tempo para sair do organismo.

Em caso de qualquer sintoma anormal em relação à saúde reprodutiva do casal, consulte sempre um ginecologista de confiança para um diagnóstico preciso e um tratamento assertivo.

Acompanhe o blog para saber mais sobre ginecologia, fertilidade e assuntos relacionados.

Tem alguma pergunta? Escreva-nos pelas redes sociais! - Gestare Vita Clínica da vida e restauração da fertilidade.

 COMENTÁRIOS

DR. ENEIAS CANO 

(CRM 4695, RQE 3216)

Graduado em medicina pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul - UFMS. Residência médica em ginecologia e obstetrícia (AAMI-Campo Grande-MS). Pós-graduação em videolaparoscopia ginecológica pelo Instituto Fernandes Figueira-Rio. Pós-graduação em infertilidade pelo instituto Gera - São Paulo. 

 MAIS DE GESTARE VITA
VEJA TODAS DE GESTARE VITA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.