Pimenta

Coluna Pimenta 

MI MI MI

João Maria Vicente 
15/06/19 às 06h30

MI MI MI


“Se a UFMS corre risco de ser fechada em TL, porque está realizando concurso?” A respeito de nota desta coluna com esse título, jovem acadêmico de Direito disse que o Mi Mi Mi em torno do assunto não se justifica. O questionamento de que se tem dinheiro pra concurso, porque diz que vai fechar em setembro, segundo ele, é descabido.


MÃO DE TESOURA


“O corte que o Paulo Guedes Mãos de Tesoura  fez, são das verbas de despesas para manutenção da UFMS, tipo água, luz e telefone etc. Ou seja, despesas não obrigatórias”, explica, completando que “a verba que foi contingenciada [que é uma palavra bonita, mas na verdade é corte] não tem nada a ver com custeio de mão de obra e pessoal; tanto é, que se você olhar no site da instituição, vai ver que faltam servidores”, diz.


APOIO AO MORO


No domingo (10), o vereador Davis Martinelli (Pros) trocou a foto de perfil de sua página no Facebook (com mais de 13 mil curtidas) por uma imagem do ministro da Justiça, Sérgio Moro, com a seguinte inscrição: “Ministro Moro, o Brasil do bem está ao seu lado”. A postagem está gerando bastante repercussão, com vários comentários. Uns concordando com a opinião do vereador. E outros criticando.


NESSE EU CONFIO


“Parabéns vereador, gente honesta apoia gente honesta”, escreveu Rizauva Souza, que completou: “que Deus o Proteja Ministro Moro da Ira dos esquerdopatas”. Já Jacó Seidmann Silva, escreveu: “grande Moro! Cada vez melhor na fita...!” Gilberto Galvão emendou: “nesse eu confio, nesse eu boto fé!” e Isaias Ferreira De Souza cravou: “o Brasil está com você”.


PROVAS EXPLÍCITAS


Mas não são somente flores. Há inúmeros comentários negativos. “Migo, apaga que dá tempo”, sugeriu Mirian Gonçalves. “Provas explícitas contra ele [Moro] e ele é inocente? Contra o Lula não tem nenhuma [prova] e o condenam...Que País é esse ??” Questiona Érica Garcia.


RÉPLICA


Este último comentário foi o que mais gerou debate na página, uma vez que o vereador respondeu o seguinte: “respeito o seu posicionamento, mas, agora, você relatar que não tem provas contra o ex-presidente, que está preso, ai já é demais. O cara quebrou o país e deixou seus aliados e filhos podres de milionários”.


REVIRAVOLTA


“Cansei de carregar piano, chegou a hora de trocar; sei a partitura de cor”. A frase é do ex-assessor parlamentar Edvaldo Cavalcante, o Bacurau, que acaba de se filiar ao PRB, partido que diz ter escolhido a dedo e que, segundo ele, está ‘redondinho’. “Vamos afogar esse povo; bombardear; estamos bem alinhados”, afirma, em conversa com este colunista.


SEM MESMICE


Depois de trinta anos de política, Bacurau disse que vai deixar de ser coadjuvante para ser protagonista. “Creio que tenho bagagem suficiente para fazer um trabalho diferenciado, não esta mesmice que se apresenta”, disse.


MESMA LÍNGUA


Segundo Bacurau, no PRB todos estão alinhados em fidelidade. “Estamos formando um grupo forte e que fala a mesma língua; afinal não tem mais coligação”, observa. Nesse sentido, diz que o partido tem cronograma de reuniões até o primeiro semestre de 2020. Além de Bacurau, o partido tem os ex-vereadores Nilo Cândido e Welton Irmão, além do ex-candidato a deputado estadual Issam Fares Júnior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM PIMENTA
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.