AO VIVO
Web TV+ Três Lagoas

Polícia Civil prende mulher que desfigurou rosto de outra por ciúmes do namorado

A vítima foi agredida pela autora por diversos golpes com pedaço de pau e com faca

Da Redação - Hojemais Três Lagoas
28/04/22 às 01h26
Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil através do SIG (Setor de Investigações Gerais) de Ribas do Rio Pardo cumpriu na manhã da última terça-feira (26) um mandado de prisão temporária contra uma mulher de 26 anos, principal suspeita de tentar matar outra mulher de 27 anos

Conforme apurado no dia 23 de março deste ano no período da madrugada, em uma construção localizada no Centro de Ribas do Rio Pardo, a vítima teria sido brutalmente agredida, sofrendo diversas lesões que fez com que seu rosto ficasse praticamente desfigurado.

O Samu foi acionado e prestou o atendimento emergencial à vítima, porém, devido à gravidade, ela teve que ser transferida para a Santa Casa em Campo Grande com sério risco de morte.

O caso foi registrado como homicídio tentado na Depac Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), e posteriormente remetido para a Delegacia de Polícia Civil de Ribas a fim de dar continuidade às investigações.

Após, o boletim de ocorrência foi retificado para constar o crime de homicídio qualificado pelo motivo fútil, por meio cruel e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, na forma tentada, equiparado a hediondo.

Conforme a Polícia Civil, mediante a grande repercussão social, com notícia semanal nos principais jornais estaduais indicando ainda que o crime não teria sido esclarecido, o SIG passou a dar a máxima prioridade no inquérito, usando de diversas técnicas investigativas e de inteligência policial, especialmente porque a vítima permaneceu por vários dias internada sem qualquer estado de lucidez.

Sendo assim, nos últimos dias, após a vítima conseguiu retomar a consciência, porém ainda sob internação, policiais civis de Ribas se deslocaram à Santa Casa em Campo Grande, e colheram declarações da vítima e de testemunhas, que deram detalhes da trama criminosa e indicaram a autoria.

Além disso, a vítima reconheceu a suspeita por fotografias como sendo a mesma pessoa anteriormente descrita, indicando inclusive possível local de residência da mulher.

Segundo a vítima, na ocasião dos fatos, ela estava reunida com várias pessoas, quando, em certo momento, a mulher ficou com ciúmes do namorado, achando que ela estava interessada nele. Em razão disso, a autora anunciou que mataria a vítima, proferindo os seguintes dizeres: “Hoje, você morre”.

Foi a partir daí que a autora teria passado a agredir a vítima mediante diversos golpes com pedaço de pau e com faca.

Depois de esclarecida a dinâmica dos acontecimentos, a Polícia Civil representou imediatamente pela prisão temporária da agressora, já que testemunhas estariam com medo de represálias, sem contar o fato da mulher se encontrar em local incerto desde a data das agressões.

O pedido de prisão temporária foi deferido pela justiça, que posteriomente expediu o mandado de prisão ontra a mulher com prazo mínimo de 30 dias.

Na manhã desta terça-feira, uma equipe de investigadores e escrivães da SIG montou a ação estratégica e capturou a agressora, que se encontrava na casa de parentes no bairro Boa Vista.

Ela recebeu voz de prisão e foi conduzida à delegacia, onde permanecerá à disposição da justiça.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, apesar dos esclarecimentos dos fatos, as investigações deverão prosseguir para verificar se houve participação de outras pessoas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM WEB TV+ TRÊS LAGOAS
Franquia:
Três Lagoas MS
Franqueado:
Empresa Jornalística e Editora Hojemais Ltda.
01.423.143/0001-79
Editor responsável:
Daniele Brito
materia03@hojems.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.