Cotidiano

Vacinação: “A hora de todos vai chegar. Precisamos de calma”, afirma Secretário de Saúde

Na tarde desta sexta-feira (22) o vice-prefeito e médico Dr Paulo Assis e o Secretário de Saúde de Andradina, o médico cardiologista Dr João Leme, fizeram um vídeo explicando as últimas informações à respeito do Covid – 19 e sua vacinação que teve início na última quarta-feira.

Andradina/SP
22/01/21 às 16h40
Assessoria de Comunicação PM de Andradina

Na tarde desta sexta-feira (22) o vice-prefeito e médico Dr Paulo Assis e o Secretário de Saúde de Andradina, o médico cardiologista Dr João Leme, fizeram um vídeo explicando as últimas informações à respeito do Covid – 19 e sua vacinação que teve início na última quarta-feira.

Os médicos anunciaram que irão levar a público as últimas informações sobre a linha de frente do combate ao Covid 19 em Andradina, semanalmente, abordando temas como isolamento, número de casos, situação geral do Covid em Andradina, e vacina. As transmissões vão ao ar toda sexta-feira direto da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Andradina.


Veja á seguir os principais trechos da primeira transmissão.

Sistema de Vacinação
“Nós sabemos 6 milhões de vacinas foram aprovadas pelo nosso Governo, pela Anvisa a serem distribuídas proporcionalmente a todos os Estados. Coube a Andradina 960 doses, essas doses elas são ministradas por uma ordem conforme a Secretaria Estadual de Saúde do Estado de São Paulo. Essa ordem visa atender de maneira estratégica o combate dessa pandemia por isso elegeu-se grupos prioritários porque sem esses grupos nós não vamos combater uma pandemia. Os grupos prioritários a princípios são os profissionais de saúde, médicos, dentistas, enfermeiros, auxiliares, pessoal da limpeza quando entra em contato com o ambiente de tratamento do Covid 19. Esses profissionais vão ser vacinados no seu local de trabalho, no Pronto Socorro da UPA, na Central Covid e Hospital. A próxima linha de frente são as UBS e os pacientes que são institucionalizados (ASILO) porque lá estão fragilizadas nesse momento e moram em uma situação de aglomeração. As orientações são da Secretaria Estadual e também do Ministério da Saúde, que estarão em todo momento a disposição do nosso poder público quando requisitado à respeito”, Dr João Leme.

Outros setores da sociedade
“E após esse grupo terá outros setores da população, principalmente os idosos mas isso é tendo vacina pois no momento chegou e Andradina 960 doses e posteriormente essas 960 doses será o suficiente para abranger todo o pessoal da Saúde. Com a chegada de novas doses a vacinação será estendida aos idosos e aí passaremos nominalmente durante as sextas-feiras quais serão os próximos grupos a serem vacinados desde que tenhamos a vacina aqui em Andradina”, Dr Paulo Assis.

Dificuldades
“Todos nós temos acompanhado as dificuldades que o Governo Estadual e o Governo Federal tem encontrado na aquisição dessas vacinas. Mas é notório que o mundo inteiro precisa dessa vacina que está faltando em vários países, incluindo os Estados Unidos. O Brasil está usando de estratégia para a vacinação e tem se saído melhor de que algumas outras nações. Quero alertar que essa vacina não é vendida, essa vacina não é comercializada, essa vacina obedece os critérios estratégicos do ministério da Saúde do PNI (Plano Nacional de Imunização). Peço até o momento para as pessoas principalmente idosos que ficar em casa e manter o isolamento social. Sair apenas quando necessário. Usar álcool em gel para higienização das mãos e também o uso de máscaras Mesmo com a vacinação nós temos que continuar com tudo isso até que sejam formados anticorpos. Até que nós temos um número tal e a pandemia comece a diminuir e assim diminuir o número de contágios. Estamos vendo que o Brasil está enfrentando uma onda extremamente violenta de contágio e com o número de mortos aumentando e o número de contagiados aumentando.  A vacina ela vem amenizar essa situação, mas volto a dizer ainda é muito pouco. Vai demorar ainda esse ano de 2021, que vai ser melhor, mas não muito diferente de 2020”, Dr João Leme.

Informações 
“É importante frisar que as pessoas permaneçam nas suas casas. As informações sobre a vacinação serão passadas todas as sextas-feiras. Se alguma nova notícia acontecer durante a semana a população será avisada. Por exemplo se de repente chega um lote de vacina extra , faremos a comunicação a população para que ela fique sabendo e qual será o grupo abrangido por aquele lote de vacina. Portanto não precisa apavoramento, não precisa ficar agitado porque a sua vez vai chegar! Ou agora ou daqui a pouco. Mas vai chegar e você vai ficar sabendo” Dr Paulo Assis.

Ainda não há vacina para todos
“Só quero reafirmar que essa sensação de calma e tranquilidade deve ser mantida. Hoje não há vacina para todos, mas obedecendo a escala de grupos, a coisa irá acontecer organizadamente. Acabando esse primeiro lote de vacinas o grupo têm que fazer a revacinação em um determinado momento. Todo mundo que é vacinado é cadastrado no Butantã e já existe esta segunda dose para estas pessoas que no momento vão ser avisados para refazer. Eu queria tranquilidade de todos, calma a nossa hora, me do Paulo que também não está nesse primeiro grupo vai chegar, é só a gente ter calma neste momento. Esta vacina aqui começa a virar história da pandemia na nossa cidade. Essa é a nossa arma, mas nós temos que ter calma. Temos que nos organizar neste momento.  Quero agradecer o meu muito obrigado a todos vocês. E aguardem toda a nossa orientação que periodicamente vai ser dada”, Dr João Leme.

Na Santa Casa
A Santa Casa de Andradina comemorou a vacinação de 100 profissionais da saúde que trabalham no único hospital da cidade. Em apenas dois dias a vacinação dos profissionais foi concluída imunizando aquelas pessoas que estão a mais de 10 meses, trabalhando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.
Técnicos de Enfermagem, Enfermeiros, Fisioterapeutas, Médicos, Psicólogos e equipe de limpeza da Irmandade Santa Casa de Andradina receberem a primeira dose da vacina, que foi recebida com muita emoção.
“Assim podemos cuidar com mais segurança dos pacientes e minimizando os riscos aos nossos colaboradores”. Relata Sandra Chagas, Gerente de Enfermagem da Santa Casa de Andradina em divulgação da assessoria de imprensa da entidade.

Uma das histórias de luta contra o Covid 19 é o da psicóloga, Angélica Casimiro Tozzi Deak, que por diversas vezes, fez atendimentos a pacientes que temerosos, queriam falar e até mesmo despedir de seus familiares. Com o próprio aparelho celular, Angélica realizava ligações por vídeo e assim possibilitava o contato que servia como remédio tanto para o internado, quanto para quem estava em casa. “Desse jeito conseguia tranquilizar os familiares e pacientes, confesso que foi um dos meus maiores desafios profissionais, pois era difícil não me envolver”, disse a psicóloga.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.