Economia

COAPAR inaugura laticínio na próxima sexta-feira

“indústria deverá movimentar mais de R$ 70 milhões por ano”

O Foco - José Carlos Bossolan
20/06/22 às 09h37

A indústria com investimentos de R$ 5 milhões de recursos da Fundação Banco do Brasil, e outros R$ 2 milhões de recursos próprios e do Governo Estadual, será uma nova fonte geradora de empregos, renda e mais de R$ 1 milhão anual em impostos só para os cofres da Prefeitura de Andradina.

O laticínio COAPAR será inaugurado oficialmente às 14h da próxima sexta-feira (24/06).

 

“presidente da Coapar, Lourival de Paula acompanhando as obras iniciais do laticínio”

“A cooperativa já gastou mais de R$ 2 milhões, com capacitação de técnicos que irão trabalhar no laticínio, comprou de 2 caminhões com tanque térmico para o transporte do leite, 4 Vans, sendo 3 refrigeradas para o transporte dos produtos industrializados até os mercados,  perfuração de poço artesiano com 2 caixas de 50 mil litros cada e construção de barracão, equipamentos, dentre outras despesas com documentações e profissionais” – destacou Lourival de Paula.

Inicialmente o projeto tinha previsão de investimentos de R$ 12,8 milhões (Convênio Nº 14.883), mas em 2020, a Coapar teve que readequar o empreendimento para a liberação de R$ 5 milhões por meio do programa Terra Forte.  Em decorrência da pandemia da Covid-19, com escassez de matérias primas, aumento de produtos, fez com que às obras sofressem atraso. Inicialmente a previsão de inauguração era 7 de julho do ano passado.

“alguns dos produtos que serão produzidos no laticínio Coapar”

O laticínio COAPAR terá área da indústria será de 1.434,77 m², com capacidade diária de beneficiamento e industrialização de 22 mil litros de leite por dia (660 milhão de litros mensalmente). A Coapar irá produzir diversos tipos de queijo, bebidas lácteas, iogurtes, ricota, mussarela e manteiga, e segundo o presidente da cooperativa, a estimativa é que a indústria movimente anualmente mais de R$ 70 milhões em negócios com a compra do leite in natura e venda dos produtos industrializados da marca Melhor do Campo. 

“Estamos chegando na fase final de um sonho iniciado em 1998, quando pensamos em ter um laticínio dos trabalhadores, e agora chegando próximo de concretizar esse sonho. Teremos novos desafios de fazer os produtos chegarem na mesa dos consumidores, nos mercados, enfim, em todos os lugares. Mas tudo que sonhamos e batalhamos para chegar nessa situação vivenciada hoje. Já não é mais um sonho, agora é realidade” – finalizou, Lourival de Paula.

SONHO QUE VIROU REALIDADE

A COAPAR (Cooperativa de Produção, Industrialização e Comercialização Agropecuária dos Assentados e Agricultores Familiares da Região Noroeste do Estado de São Paulo), fundada em 02 de abril de 2001, apoia a permanente busca do desenvolvimento econômico, social e organizativo de famílias assentadas da região, tendo como princípio, o fomento do cooperativismo. Inicia suas atividades com 24 cooperados e hoje conta com a participação de mais de 900, pois conseguiu alterar o cenário onde a produção de leite era pulverizada e incipiente.

Com a inauguração do laticínio, os produtos “Melhor do Campo” são produzidos pela COAPAR, estarão disponíveis nos melhores estabelecimentos comerciais de Andradina, da região, Estado e em todo o país. Através do acompanhamento de produção, garantimos a comercialização de forma centralizada, aumentando o poder de barganha junto aos laticínios e rentabilidade de atividades.

A COAPAR, além da produção leiteira, também estimula seus cooperados a manterem a diversificação de seus lotes e produções de hortifrutigranjeiros, comercializados pela cooperativa. Desta forma, garantimos a segurança alimentar, complemento de renda familiares e apoia-se às atividades agropecuárias da região, em especial, a produção de leite, que gera retorno dos investimentos no setor devido ao aumento da produtividade, preço praticado ao produtor associado e dando suporte técnico para melhoria da qualidade destes alimentos.

A partir de 2004, a COAPAR dá um salto qualitativo em suas ações através da comercialização de produtos agroindustrializados para o mercado institucional através do PAA (Programa de Aquisição de Alimentos da CONAB) e PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), e PPAIS ( Programa Paulista da Agricultura de Interesse Social ), inserindo-se desta forma, na cesta de alimentação escolar e em doações às populações em situação de insegurança alimentar, levando ao mercado alimentos de qualidade oriundos de assentamentos de reforma agrária e agregando maior valor aos produtos.

Desde sua fundação, a direção da COAPAR teve o sonho de construir um laticínio próprio, capaz de processar o leite já captado, aumentando sua autonomia dentro da cadeia leiteira. Hoje a COAPAR já concluiu o processo de construção do seu laticínio, o que permitirá controlar todos os elos da cadeia leiteira e garantindo a qualidade e o beneficiamento de todos os atores envolvidos, além disso, mantém uma loja agropecuária em Andradina (SP,) que garante a oferta de insumos para seus cooperados e os pequenos produtores da região, outra forma de apoio à cadeia do leite foi a construção de uma fábrica de ração para ofertar alimentos e suplementos ao rebanho dos associados com regularidade e qualidade.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM ECONOMIA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.