Polícia

Homem que aplicava golpes em idosos é preso em hotel

Um jovem morador de São Paulo foi preso pela Polícia Civil de Jales apontado como autor de golpes em idosos em várias cidades da região.

Região
17/09/20 às 10h34
Reprodução

Um jovem morador de São Paulo foi preso pela Polícia Civil de Jales apontado como autor de golpes em idosos em várias cidades da região. Pelo menos duas pessoas foram lesadas em Jales.

A prisão aconteceu depois que os policiais tomaram conhecimento do registro de dois boletins de ocorrência sobre estelionatos ocorridos na cidade. Os investigadores foram a campo em busca do suspeito com informações passadas por uma das vítimas e observando imagens de câmeras de segurança do centro. Os policiais descobriram que o indivíduo estava pernoitando em um hotel nas proximidades da área central da cidade e verificaram quando ele chegou ao estabelecimento conduzindo uma motocicleta com as mesmas características passadas pela vítima.

Em sua posse, foram encontrados um cartão bancário em nome de uma terceira vítima, a qual foi identificada como D.M.O., de 74 anos.

Interrogado previamente, o golpista foi identificado como W.S.C., de apenas 22 anos de idade e morador da cidade de São Paulo. Ele confessou que havia realizado os três golpes em Jales e também ter realizado outros dois na cidade de Fernandópolis.

No quarto no qual pernoitava, os policiais civis apreenderam vários cartões bancários de vítimas, uma maquininha de cartão e R$ 8.120,00 em dinheiro, bem como a motocicleta utilizada nas práticas ilícitas.

RELACIONAMENTO

Segundo a polícia, o golpe aplicado pelo jovem consistia em telefonar para as vítimas (maiores de 60 anos), sempre no telefone fixo das residências, oportunidade em que o agente ludibriava as vítimas, dizendo ser da Central de Relacionamento de um determinado banco e que havia sido constatado que o cartão estava clonado, solicitando que a vítima entregasse o cartão bancário e a respectiva senha para um motociclista do banco, sendo que o próprio autor, com a motocicleta apreendida, buscava os cartões e senhas nas casas das vítimas.

A Polícia Civil reforça o necessário cuidado com os dados pessoais, documentos e principalmente cartões e senhas bancárias, que não devem ser repassados a nenhuma pessoa estranha, principalmente em contatos telefônicos. Denúncias poderão ser feitas para o número 197 (dias úteis, das 7h às 19horas), ou 17-3632-9000 (à noite ou nos finais de semana e feriados). (Com site regiaonoroeste/A Tribuna).

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.