Sicredi

Sicredi e ADN premiam escolas de Birigui que participam do projeto Óleo das Abelhas

O aluno Guilherme de Oliveira Cavaca, 10 anos, do 5º ano do ensino fundamental da escola municipal "Robert Clark", foi presenteado com um tablet

Da redação - Hojemais Araçatuba
23/03/22 às 17h58
(Foto: Divulgação)

Três escolas da rede municipal de ensino de Birigui (SP) foram premiadas por se destacarem na arrecadação de óleo usado de cozinha, dentro do projeto “Óleo das Abelhas”, desenvolvido a partir da parceria entre a Secretaria Municipal de Educação, cooperativa Sicredi Alta Noroeste SP e empresa ADN BIO, de Agudos (SP).

A cerimônia de premiação ocorreu nesta quarta-feira (23), no auditório da sede administrativa da Prefeitura de Birigui e contou com a presença do prefeito Leandro Maffeis (PSL), da secretária municipal de Educação, Iládia Cristina Marin Amadio, e o gerente da Sicredi Alta Noroeste SP, José Carlos Rosa Júnior.

“Essa é uma iniciativa que merece todo nosso respeito e apoio. Começa na escola, entra nos lares e se expande para a comunidade, tendo as crianças como multiplicadoras de ações que estão ajudando a preservar o planeta para as futuras gerações”, elogiou Maffeis.

Ranking

O aluno Guilherme de Oliveira Cavaca, de 10 anos, do 5º ano do ensino fundamental da escola municipal "Robert Clark", foi presenteado com um tablet pela ADN BIO por seu desempenho no projeto. O estudante entregou 250 litros de óleo usado para a campanha. Por sua vez, a escola foi a primeira colocada no ranking e recebeu R$ 1 mil em crédito. A segunda colocada, foi o CEI (Centro de Educação Infantil) "Ana Souto Trevisan", do bairro Costa Rica, que recebeu R$ 800.

Em terceiro lugar ficou a escola municipal "Professora Darcy Garcia Gavira", do bairro Thereza Maria Barbieri, que recebeu o valor R$ 400 em crédito pela arrecadação. Os diretores poderão reverter o recurso em melhorias para as próprias unidades escolares.

A engenheira ambiental e coordenadora do projeto na ADN BIO, Lais Fernanda de Caldas, apontou que a premiação foi referente à arrecadação registrada em 2021, quando, no período de cinco meses, as 22 escolas municipais que integram o projeto ajudaram a evitar que 6.087 litros de óleo de cozinha usados fossem descartados de maneira incorreta.

“Para 2022 nossa meta é ultrapassar a marca de dez mil litros, com a colaboração de nossas escolas, alunos e comunidade”, desafiou a secretária de Educação, ao relembrar que no ano passado nove mil alunos da rede municipal de ensino participaram do projeto “Óleo das Abelhas”.

Projeto 

Iniciado em 2019, o projeto foi retomado em agosto de 2021. “Tivemos uma pausa por conta da pandemia, mas em cinco meses conseguimos
desenvolver o trabalho com resultado expressivo se considerado o ano letivo atípico”, avaliou a supervisora de ensino e facilitadora do projeto dentro das escolas, Maria Angélica Pinto de Arruda.

Cada escola possui tambores adequados para o descarte do produto para reciclagem, que são vendidos para a ADN BIO, tendo os recursos revertidos para as próprias escolas. A motivação para o projeto veio através do programa A União Faz a Vida da cooperativa de crédito, que oferece formação continuada para educadores e gestores da rede municipal de ensino.

Nós temos as melhores oportunidades para você

Somos o parceiro ideal para te acompanhar
e ajudar em todas as suas conquistas. De
forma responsável e transparente, nós vamos,
juntos, organizar a sua vida financeira.

 MAIS DE SICREDI
VEJA TODAS DE SICREDI
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.