Autos

Veja as principais diferenças das caminhonetes e picapes mais comuns no Brasil

Em se tratando de conforto e potência, esse veículo também vem sendo muito atualizado e cada vez mais chama a atenção dos amantes de carros.

H+Andradina
26/01/22 às 11h34
Imagem: Agrofly

 Com uma tecnologia cada vez mais avançada, as caminhonetes e picapes estão cada vez mais adaptáveis para serem usadas tanto nas regiões urbanas, quanto no campo.

Em se tratando de conforto e potência, esse veículo também vem sendo muito atualizado e cada vez mais chama a atenção dos amantes de carros. 

No Brasil, existem algumas marcas que trabalham com esse tipo de veículo, porém, quando o consumidor precisar procurar por caminhonetes usadas ou zero quilômetros, surge uma dúvida na cabeça: qual é a melhor? Veja a seguir, as diferenças entre as medidas, motorizações e capacidades de carga dessas picapes médias. 

Os pontos fortes de cada picape
Até o momento, a mais potente da categoria é da Toyota Hilux Gazoo Racing Sport, ela possui um motor muito poderoso de 4.0 V6 a gasolina de 234 cv. Porém, muito em breve, esse título terá um dono, ele passará a ser da VW Amarok. Isso se dará porque o seu motor V6 turbodiesel da alemã sofreu uma recalibração e teve um salto para 258 cv. 

O seu lançamento terá um pequeno atraso devido à pandemia do novo coronavírus. Mesmo sem ela, a marca ainda é a competidora mais forte no segmento, a configuração atual de 3.0 V6 DE 225 cv, oferece 56,1 kgfm. Muitos se perguntam ainda sobre o sumiço das caminhonetes 4x4 flex, hoje ainda existem duas marcas que comercializam picapes nas versões para etanol e gasolina: a Chevrolet S10 e a Toyota Hilux. 

Se você está procurando por um veículo que proporcione um bom espaço pessoal para cada um dos passageiros dentro do carro, saiba que quem ganha essa briga é a Ford Ranger. Entre seus eixos, ela possui 3,22m, o que a torna a maior do segmento e vence com folga os dois principais rivais, a Nissan Frontier de 3,15m e a VW Amarok, com 3,10m. 

Agora, se o seu principal objetivo é a capacidade de carga, a disputa fica mais equilibrada. Com carga máxima de 1.143Kg, a Amarok sai na frente, porém, tem em sua cola a Ranger com 1.123Kg e a S10, com 1.122Kg. 

Tipos de tração 
Quando se fala de tração 4x2, quer dizer que o veículo possui tração apenas no eixo dianteiro. Já os 4x4, significa que a caminhonete possui tração nos dois eixos ou então nas quatro rodas parcialmente. Isso quer dizer que, até que o motorista escolha a tração no segundo eixo, ela atua como 4x2. 

Existe ainda um terceiro tipo de tração que não é tão conhecida como os outros dois, que é a AWD (All Wheel Drive), também chamada de 4WD (Four Wheel Drive). Aqui, o veículo também vem com a possibilidade da tração nas quatro rodas, porém, a distribuição dessa força é feita de maneira automática pelo próprio veículo. O motorista consegue intervir na forma como a distribuição é feita, porém, na maior parte do tempo, o carro toma a decisão. 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM AUTOS
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.