Cotidiano

Estudante de Administração que vende doces na rua sonha em ter uma loja própria

‘Já viraram a cara para mim’, conta ela que não desiste dos seus objetivos

Agência Educa Mais Brasil
14/01/22 às 17h05
Agência Educa Mais Brasil
Agência Educa Mais Brasil

Saindo de porta em porta vendendo doces produzidos por ela mesma, Jeane Baptista, de 28 anos, moradora de Goiás, tem como sonho de infância ser dona de uma doceria. Prestes a se formar no curso de Administração , graduação escolhida por ela para ajudar a alcançar seus objetivos, a jovem empreendedora não liga para os julgamentos por começar de modo simples.

Como nem tudo é doce como as guloseimas que ela produz, Jeane aprendeu a administrar uma situação que não deveria existir: o preconceito. Ela conta que já sofreu preconceito por vender seus doces na rua, mas não deixa a situação lhe desanimar, pois realizar seu sonho é seu maior objetivo. “Muita gente acha que quem está ali vendendo doce na rua está passando fome e já viraram a cara para mim. Mas enquanto muitos pensam e agem assim, eu tenho consciência de que sou uma mulher de visão e estou correndo atrás do meu sonho”, relata.

Morando com as irmãs e a mãe, Jeane acredita que através dos estudos poderá mudar a sua realidade de vida. “O estudo é muito importante para mim, com certeza! Sem o estudo a gente não chega a lugar nenhum. Tem que ter teoria e prática”, avalia.

Alívio no orçamento

Prestes a se formar, Jeane, que está no 8º semestre do curso de Administração na Unopar , acredita que essa bênção foi possível graças à conquista de uma bolsa de estudo, que cobre 60% da mensalidade, lhe permitindo uma economia de R$ 15.375 durante todo o curso.

A sua história sensibilizou a supervisora de atendimento do Educa Mais Brasil, Ludimilla Santos, que conheceu a vendedora de uma maneira inesperada. “Conheci Jeane durante o horário de almoço do meu trabalho. Ela estava vendendo docinhos. Comprei um brigadeiro e dias depois ela retornou para me devolver um valor que havia sido cobrado a mais. Achei muito honesto da sua parte. Conversando com ela, fiquei bastante encantada porque ela disse que vendia os doces pra ajudar pagar a faculdade. Perguntei se ela tinha ajuda de alguma bolsa de estudo. Quando ela me respondeu que tinha a bolsa do Educa Mais Brasil eu fiquei tão feliz e emocionada por saber que a empresa na qual eu trabalho faz grande diferença na vida das pessoas. Só posso dizer que fiquei totalmente satisfeita e realizada por fazer parte da vida e sonhos de tantas pessoas”, relembra Ludimilla.

O empenho diário na venda dos doces atualmente ajuda Jeane com os custos da faculdade. Tanto esforço vai ser celebrado nesse ano, com a família, quando ocorrer a tão esperada formatura. “Eu soube da bolsa de estudo através da minha irmã, que me falou do Educa Mais Brasil e da facilidade de conseguir estudar pagando menos. Escolhi meu curso no site, e dei entrada pra ganhar a bolsa que está me ajudando muito”, comemora Jeane.

“São histórias inspiradoras como essa da Jeane que fazem nosso dia a dia mais feliz e gratificante. Saber que estamos no caminho certo, proporcionando o acesso à educação a milhares de pessoas, ajudando-as a realizarem seus sonhos e construírem um futuro melhor!”, declara a gerente nacional de operações do Educa Mais Brasil, Viviane Torres.

Agência Educa Mais Brasil
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.