Polícia

Apreenções em presídios teve até estimulante sexual  no alface

Nos dias 04 e 05 de janeiro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista.

Região - Botetim da Croeste
07/01/20 às 10h37
(Imagem ilustrativa)

Nos dias 04 e 05 de janeiro, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (04.01.2020)

PENITENCIÁRIA “LUÍS APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA II
A visitante C. G. A., cadastrada como companheira no rol de visitas do sentenciado J. L. S. N., foi surpreendida durante procedimento de revista de imagem com algo estranho em seu corpo. Indagada, retirou e entregou voluntariamente um invólucro contendo 01 (um) micro aparelho celular. Em ato contínuo, foi constatado que a mesma fazia uso de documento falso, se tratando de E. M. S., que já se encontrava suspensa por outra Unidade Prisional. Foi lavrado o Comunicado de Evento, o sentenciado isolado preventivamente e instaurado Procedimento Disciplinar para melhor apuração dos fatos, sendo ainda apresentada a visitante, juntamente com o material apreendido, perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária e confeccionado expediente de suspensão da visitante, nos termos da Resolução SAP – 144/2010.

DOMINGO (05.01.2020)

PENITENCIÁRIA DE JUNQUEIRÓPOLIS
Durante o procedimento de revista junto ao setor de Portaria, a visitante V. A. S., cadastrada como companheira do sentenciado J. V. S. S., ao apresentar seu documento de identidade foi questionada pelos servidores quanto a veracidade do mesmo. Apreensiva e insegura, confessou que seu verdadeiro nome era J. C. B., e que se utilizava de documentação falsa. A visitante em questão foi suspensa nos moldes da Resolução SAP 196/15 e o sentenciado conduzido ao Pavilhão Disciplinar onde aguardará, no prazo legal, a apuração dos fatos. A Polícia Civil foi acionada para que fossem tomadas as providências de praxe.

PENITENCIÁRIA DE ANDRADINA
Ao ser submetida ao procedimento de revista através de scanner corporal, uma visitante foi flagrada com algo estranho na região genital, porém negou a posse de qualquer objeto ilícito. Diante do fato, a Polícia Militar foi acionada e a aludida visitante foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Andradina, onde acabou por retirar espontaneamente 01 (um) volume da genitália contendo substância semelhante a “maconha”, sendo conduzida a Delegacia de Polícia para as providências cabíveis. Foi instaurado Procedimento Administrativo a fim de apurar os fatos, estando a visitante suspensa do direito de visitar naquela Unidade Prisional.

PENITENCIÁRIA “LUÍS APARECIDO FERNANDES” DE LAVÍNIA II
No último domingo, uma visitante do rol de visitas do sentenciado C. C. O., foi flagrada ao passar pela revista de imagem através de scanner corporal. O aparelho revelou que ela trazia algo em seu corpo, o que a levou a retirá-lo voluntariamente: um invólucro contendo 01 (um) micro aparelho celular. Foi lavrado o Comunicado de Evento, o sentenciado isolado preventivamente e instaurado Procedimento Disciplinar para melhor apuração dos fatos. A visitante, juntamente com os materiais apreendidos, foi apresentada perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária, sendo ainda confeccionado expediente de suspensão, nos termos da Resolução SAP – 144/2010.

PENITENCIÁRIA “NESTOR CANOA” DE MIRANDÓPOLIS I
Durante a realização do procedimento de revista dos pertences dos visitantes, através do aparelho de Raios X, foram apreendidos 84 (oitenta e quatro) comprimidos, destes, supostamente 52 (cinquenta e dois) seriam estimulantes sexuais e 32 (trinta e dois) seriam suplementos. Os objetos estavam escondidos dentro de uma vasilha contendo alface, a qual pertencia a visitante, irmã de um sentenciado. Em atendimento às determinações legais, a visitante foi cientificada da suspensão do direito de visitação por tentativa de burlar a segurança da Unidade, e o recluso isolado preventivamente no pavilhão disciplinar.

CENTRO DE PROGRESSÃO PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO
Por volta das 09h30, uma visitante cadastrada como companheira de um sentenciado tentou adentrar ao CPP de Valparaíso com 01 (uma) garrafa de refrigerante contendo bebida alcoólica. Diante dos fatos, o material ilícito foi apreendido, a visitante impedida de adentrar a Unidade Prisional e submetida às sanções administrativas previstas, sendo o sentenciado isolado em cela disciplinar para ser regredido ao regime fechado.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.