Polícia

Homem é investigado por tatuar adolescente de 15 anos

A Polícia Civil de Junqueirópolis, comandada pelo delegado Eliandro dos Santos, investiga a conduta de um tatuador de 29 anos, morador daquela cidade, sob a acusação de eventual crime de lesão corpora grave tendo como vítima uma adolescente de 15 anos.

Junqueirópolis
11/09/19 às 10h42
(IMAGEM ILUSTRATIVA)

A Polícia Civil de Junqueirópolis, comandada pelo delegado Eliandro dos Santos, investiga a conduta de um tatuador de 29 anos, morador daquela cidade, sob a acusação de eventual crime de lesão corpora grave tendo como vítima uma adolescente de 15 anos.

De acordo com o delegado, o investigado fez tatuagens na menor sem a autorização dos pais dela. Explicou o delegado que neste caso a lesão grave é por resultar em deformidade permanente por causa das tatuagens feitas em vários locais do corpo da adolescente.

O delegado Eliandro explicou que no Estado de São Paulo existe a lei 9.828/97 que proíbe a realização de tatuagens em menores de idade mesmo com a autorização dos pais ou responsáveis. Segundo ele, essa lei prevê inclusive o fechamento do estabelecimento comercial em caso de descumprimento.

A Polícia Civil ainda não interrogou o tatuador denunciado para ouvir a versão dele sobre os fatos. (Com Portal Regional)

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2019 - Grupo Agitta de Comunicação.