Economia

Usina Brejo Alegre Bionergia prevê safra para junho e abre cerca de 500 vagas de emprego

Vagas abrangem diversos cargos, como operadores de máquinas, auxiliar administrativo, analista de RH, entre outros

Manu Zambon - Hojemais Araçatuba
30/01/21 às 16h48
Usina foi leiloada e arrematada pelo grupo Integra Associados no valor de R$ 263,5 milhões (Foto: Divulgação)

A Usina Brejo Alegre Bioneregia, antiga Revati do grupo Renuka Brasil, está em fase de contratações.

São cerca de 500 vagas abertas para diversos cargos para início em fevereiro. Interessados devem enviar currículo para curriculo@brejoalegrebioenergia.com.br ou acessar o site da empresa

As contratações são para todos os setores da usina. Entre os cargos, estão operadores de máquinas, auxiliar administrativo, analista de RH, fiscal contábil, serviços gerais, vigilância, portaria, entre outros. 

Para postos de nível técnico, é exigido um curso técnico na área ou ensino médio com pelo menos dois anos de experiência na função pretendida. Para cargos de gestão, o candidato deve ter ensino superior. As informações foram confirmadas pelo gestor de tecnologia, Felipe Alexandre. 

De acordo com o profissional, há uma projeção de ter pelo menos mais 500 vagas no decorrer do funcionamento da usina. 

Funcionamento 

Após a aquisição da usina pelo grupo Integra Associados, por meio de leilão realizado em novembro de 2020, a expectativa é ter a primeira safra em junho deste ano. Atualmente, a usina está em fase de finalização dos processos burocráticos. 

O gestor de tecnologia destaca que um dos diferenciais da usina está na parte tecnológica. “Vamos implementar as tecnologias e conceitos da usina 4.0, uma nova geração de usinas tecnológicas. É uma usina que tem a expectativa de ser referência em tecnologia da informação e otimização do processo agrícola”. 

Arremate 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A antiga usina Revati, do grupo Ranuka Brasil, foi adquirida pelo Integra Associados em lance mínimo de R$ 263,5 milhões. Quando inaugurou, em 2008, tinha o nome de Biopav e era do Grupo Equipav. Após dois anos, foi vendida para a Renuka Brasil. 

Em 2015, o grupo entrou em recuperação judicial e no final de 2017 dispensou os funcionários da unidade em Brejo Alegre, que suspendeu as atividades. 

A usina tem capacidade instalada de moagem de até 4,5 milhões de toneladas de cana-de-açúcar e cogeração de até 157 MW de energia. A unidade conta ainda com uma fábrica de levedura seca, que pode produzir até 10 mil toneladas por safra.

 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
  26/01/22 às 20h00
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM ECONOMIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.