Cotidiano

Chuvas em excesso causam danos ao Meio Ambiente

Para falar sobre estes danos, a agrônoma Dra Karem Cristine Pirola Narimatsu docente da FEA

H+ Andradina
04/02/22 às 18h09
Dra Karem Cristine Pirola Narimatsu docente da FEA

Chove chuva, chove sem parar! Assim tem sido o tempo da última semana em diversas regiões do país. Vindo a provocar deslizamentos de terras, erosões em rodovias, e muitos outros danos. Mas, quais as reais consequências das chuvas excessivas para o solo e as plantas?

Para responder a esta pergunta, o Hojemais Andradina ouviu a doutora em Agronomia e professora da disciplina de Agrometeorologia da Fundação Educacional de Andradina (FEA), Karem Cristine Pirola Narimatsu. 

“O excesso de chuvas pode resultar em erosões e prejudicar o desenvolvimento de raízes em solos mal manejados, contribuir com o surgimento de doenças e lixiviação de nutrientes, e dessa forma, reduzir a produtividade, causar danos irreversíveis como a morte das plantas, devido à redução dos níveis de oxigênio no solo”, comentou Karem.

Por outro lado, a falta de chuvas também acarreta em problemas. “O déficit hídrico interfere no desenvolvimento das plantas, afetando a germinação de sementes, o crescimento da parte aérea, a abscisão das flores, o enchimento de grãos e a morte das plantas, pois a absorção de água pelas raízes é dificultada, principalmente em solos compactados” , disse a doutora.

Portanto, o excesso e a falta são prejudiciais, e muito mais do que danos às rodovias e casas, ao Meio Ambiente como um todo.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.