Geral

Caminhão com vacina contra Covid-19 sai de São Paulo para Araçatuba

Um caminhão refrigerado com doses de vacina contra a covid-19 deve chegar a Araçatuba na manhã desta quarta-feira (20).

Hoje Mais
20/01/21 às 08h03

Um caminhão refrigerado com doses de vacina contra a covid-19 deve chegar a Araçatuba na manhã desta quarta-feira (20). O veículo saiu de São Paulo na noite desta terça-feira (19) e está sendo escoltado por viaturas do 3° Batalhão de Choque, com sede na capital.

O caminhão está carregando as vacinas que serão encaminhadas para as cinco cidades da região com população acima de 30 mil habitantes: Araçatuba, Birigui, Andradina, Penápolis e Guararapes. Essas são as primeiras doses da vacina do Butantan contra Covid-19 a chegar na região.

Um outro caminhão deverá deixar São Paulo também com escolta do Choque, nesta quarta-feira, com suprimento que será encaminhado para as cidades da região com menos de 30 mil habitantes.

A escolta dessas doses na região será feita por policiais militares do CPI-10 (Comando de Policiamento  do Interior), com sede em Araçatuba.

O Governo do Estado de São Paulo antecipou em cerca de 24 horas a distribuição de mais 47 mil vacinas do Butantan. Os novos pontos incluem 33 cidades das regiões da Baixada Santista, Sorocaba, Araçatuba, Vale do Paraíba e o Grupo de Vigilância Epidemiológica (GVE) de Araçatuba.

Durante o dia desta terça (19), outras 305 mil doses já tinham saído nas primeiras grades para 28 locais das regiões da Grande São Paulo, Sorocaba e Vale do Paraíba. As remessas foram direcionadas diretamente a 26 Prefeituras de cidades com mais de 30 mil habitantes e a outros dois Grupos de Vigilância Epidemiológica (GVE) regionais que farão a subdivisão para cidades menores em suas áreas de atuação

No decorrer desta semana, as 645 cidades receberão seus quantitativos iniciais. Diariamente, a Secretaria divulgará os próximos destinos e quantitativos, dando transparência aos estoques previstos para cada local.

Neste primeiro momento, profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência com mais de 18 anos vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas receberão as doses, com o apoio de equipes da atenção primária do SUS, segundo as estratégias adequadas ao cenário local. A inclusão de novos grupos populacionais será norteada pelo PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde.

A divisão das grades foi baseada no quantitativo proporcional de vacinas previsto para São Paulo conforme o PNI. O total de 1,5 milhão de doses é a referência para trabalhadores de saúde baseado na última campanha de vacinação contra a gripe. Esta mesma referência é utilizada para cálculo das grades regionais e para cada cidade.

A campanha de imunização contra a Covid-19 em São Paulo será desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do órgão federal. À medida que o Ministério da Saúde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos-alvo da campanha de vacinação contra a Covid-19 serão divulgadas pelo Governo de São Paulo. Regional Press (RP10).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.