Geral

Policial sofre racismo ao abordar condutor: 'é por negão igual a você que o Brasil não vai para frente'

O condutor de uma caminhonete de luxo também ameaçou o policial de morte na cidade de Três Lagoas (MS)

Brasil 247
23/05/22 às 17h36

Um policial, 33 anos, que atua na Rádio Patrulha da Polícia Militar do município de Três Lagoas (MS), foi vítima de injúria racial, na noite desse domingo (22), durante abordagem policial a um motorista de uma caminhonete de luxo.

"É por negão igual a você que o Brasil não vai para frente. Você não estudou nada, seu policinha, fez somente o ensino médio" , disse o homem, 38 anos. O condutor também ameaçou o policial de morte. 

De acordo com a Polícia Civil, a ameaça e injúria aconteceram após agentes abordarem o condutor, que fazia manobras de arrastamento de pneus. As informações foram publicadas nesta segunda-feira (23) em reportagem do portal G1. 

O motorista não quis fazer o teste do bafômetro. Segundo a polícia, o homem estava visivelmente alterado e proferiu ofensas a um dos policiais da Rádio Patrulha quando foi informado que seria conduzido à delegacia.

"Ganho muito mais do que você, meu pai tem dinheiro. Pode colocar o que quiser aí, que eu pago [...] Eu vou te pegar na minha quebrada, negão, e vou te matar, vou cortar seu pescoço", disse o motorista, conforme o registro policial.

Segundo a ocorrência, o homem foi levado para a delegacia com o auxílio de algemas, pois estava muito exaltado e "para segurança da equipe, de terceiros e do próprio abordado".

O caso foi registrado como Ameaça, Desacato e Injúria.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.