Cotidiano

Covid-19 faz quase 3 vezes mais vítimas do que trânsito e assassinatos juntos na região de Araçatuba

Até outubro, homicídios e acidentes de trânsito mataram 133 pessoas na região; de abril a outubro, 492 morreram com coronavírus

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
02/12/20 às 17h33
Imagem: Ilustração

Causa grande repercussão sempre quando uma pessoa é assassinada ou acaba morrendo vítima de acidente de trânsito. Segundo levantamento feito pelo Hojemais Araçatuba , os 43 municípios da região de Araçatuba somam 133 mortes deste tipo desde o início do ano.

Os números constam no balanço divulgado pela SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, na semana passada, com os números relativos ao mês de outubro. Por isso, ainda não consta na estatística, as mortes ocorridas em novembro.

Como comparativo, do início do ano até o final de outubro, os 42 municípios da área de abrangência do DRS-2 (Departamento Regional de Saúde) de Araçatuba registraram 492 mortes de pessoas que foram infectadas pelo coronavírus.

Pandemia

Deve-se levar em consideração que a primeira morte por covid-19 na região foi registrada em abril, tendo como vítima um empresário de 53 anos, de Penápolis. Assim, seriam 492 mortes em sete meses, o que corresponde a média de 70 óbitos por mês, ou seja, mais de duas mortes por dia em média.

O número é muito maior do que as mortes provocadas por homicídio ou acidentes de trânsito. Dividindo as 133 mortes pelos dez meses do ano analisados até agora, são 13,3 mortes por mês ou aproximadamente uma a cada três dias.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trânsito

Os acidentes de trânsito são os principais responsáveis por mortes violentas na região de Araçatuba, segundo levantamento da SSP, nos 43 municípios da região. De janeiro a outubro foram 70 vítimas, o que corresponde a sete mortes por mês, somando todas as cidades.

Araçatuba lidera a lista, com 17 vítimas no período, seguida por Birigui, com seis; Penápolis, com cinco; Braúna e Castilho com quatro cada uma; e Mirandópolis e Valparaíso com três pessoas mortas em acidente de trânsito cada.

Entre as vítimas, muitas são pessoas que se envolveram em acidentes nas rodovias estaduais que cortam a região, principalmente a Marechal Rondon (SP-300); a Elyeser Montenegro Magalhães (SP-463); a Gabriel Melhado (SP-461); e a Assis Chateaubriand (SP-425).

Homicídios

Já com relação aos homicídios, foram 57 vítimas entre janeiro e outubro nos 43 municípios, 12 a mais do que no mesmo período do ano passado. Araçatuba também lidera a lista, com 22 pessoas assassinadas em dez meses, média superior a duas vítimas por mês.

Ainda como comparativo, a cidade de Araçatuba levou 18 anos para somar 497 mortes por homicídio, que é o número de pessoas vítimas de assassinatos ocorridos entre 2002 e 2019. 

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM COTIDIANO
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.