Cultura

Araçatubahia: vivências e reflexões sobre mulheres pretas e cultura afro

Série de lives tem início nesta quinta-feira (25) e se estende até sábado (27); projeto conta com entrevistas, performances e contação de histórias

Manu Zambon  - Hojemais Araçatuba
25/02/21 às 12h36

Nesta quinta-feira (25), o Centro Cultural Casa Maré, de Araçatuba (SP), dá início a uma série de lives com entrevistas, performances e contação de histórias que destacam várias temáticas relacionadas às mulheres pretas e cultura afro-brasileira.

"Vivências Araçatubahia" começa hoje, às 19h e se estende até o dia 27 de fevereiro. Todos os eventos são on-line, gratuitos e acontecem no Instagram da Casa Maré .

Nesta quinta-feira, a transmissão ao vivo com a artesã capilar, empesária, dançarina, modelo e atriz, Negra Jhô, de Salvador (BA), abre o projeto. Às 20h, tem "Contos Ancestrais" com a participação de seis mulheres (Tamires Santiago, Geovana Leite, Erislayne Maria, Beatriz Nunes, Rafaela Cândido e Gabriela Reis) representando Araçatuba, contando sobre as Ayábás, que são os Orixás femininos.

“Vivências Araçatubahia é um maravilhoso intercâmbio on-line entre mulheres artistas de cá (Araçatuba) e de lá (Salvador). Um convite para toda Araçatuba, especialmente às mulheres, que desejam se abrir para a cultura feita por mulheres pretas que contam e constroem suas histórias por meio da ancestralidade” destaca Tamires Santiago, uma das organizadoras do evento.

Temas

Entre os temas que permeiam os encontros, Tamires destaca a autoestima e identidade negras, dança, música, beleza, arte-educação, inclusão social e oralidade afro-brasileira.

Tamires destaca ainda outro evento, a live com a produtora de moda, fotógrafa e turbancista, Beija Flor, que é de Araçatuba, mas atualmente mora em Salvador. Beija Flore é precursora   das amarrações de turbantes e estética afro em Araçatuba, onde realizou um trabalho de empoderamento de mulheres negras, cuja inspiração veio das mulheres baianas.

Araçatubahia é organizado e produzido pela Casa Maré com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura/Prefeitura de Araçatuba.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Divulgação

Programação

Quinta-feira (25)

Às 19h – Negra Jhô (artesã capilar, empresária, dançaria, modelo e atriz) - Salvador

Às 20h – Contos Ancestrais (participações: Tamires Santiago, Geovana Leite, Erislayne Maria, Beatriz Nunes, Rafaela Cândido e Gabriela Reis) - Araçatuba

 

Sexta-feira (26)

Às 19h – Nitorê Akadã (arte-educadora, dançarina e atriz) – Salvador

Às 20h – Beija Flor (produtora de moda, fotógrafa e turbancista) – Araçatuba

 

Sábado (27)

Às 18h – Mirla Riomar (cantora e compositora) – Araçatuba

Às 20h – Josy Brasil (primeira cadeirante eleita Rainha do Muzenza – bloco afro de Salvador -, bailarina ecomunicóloga e criadora do projeto Roda Comigo)

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CULTURA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.