Cultura

Cia Obscenos abre temporada com espetáculos on-line

Projetos recebem recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc; peça estreia nesta quinta-feira, às 20h

Manu Zambon  - Hojemais Araçatuba
22/04/21 às 17h12
Peça questiona o luto por milhares de vida que se perderam (Foto: Divulgação)

A Cia Obscenos, de Araçatuba (SP), abre nesta quinta-feira (22) uma temporada com dois espetáculos virtuais gratuitos. A estreia é com a peça “Senão uma despedida”, às 20h, no perfil no Facebook da companhia e no canal no Youtube .

O trabalho conta ainda com mais duas apresentações, nesta sexta-feira (23) e sábado (24), no mesmo horário. Além disso, o público poderá acompanhar o projeto no podcast O sentir, no Spotify , no dia 28 de abril, às 6h. Todos os áudios ficam disponíveis na plataforma após a veiculação.

“Senão uma despedida” traz o ator Pedro Böor, de Araçatuba, e o seguinte questionamento: como se enlutar por milhares de vidas que se perderam pela mesma razão, sendo que essas vidas são despersonificadas em números?

Com direção de Caique Teruel, a peça aborda o luto na sociedade contemporânea e muitas vezes o não-luto que se transforma em estatística. “Senão uma despedida” retoma à arte a sua principal função: ser um meio de digerir o intragável da tragédia real, informa a cia.

“Woolf – um olhar submerso” (Foto: João F. Tavares Kawasaki/Divulgação)

Woolf

Já “Woolf – um olhar submerso” vai ao ar neste sábado (24), às 21h, também no Facebook e Youtube da cia. Uma performance em vídeo será postada antes, nesta sexta-feira (23), às 23h, no Instagram do ator Caique Teruel.  

 O projeto parte do processo de morte da escritora inglesa Virgínia Woolf, considerando o silêncio do suicídio, sua ligação com as águas do rio Ouse (North Yorkshire, no Reino Unido) perto de sua casa e as pedras em seus bolsos.

Banhado pela chuva e cercado pela água, Caique Teruel pretende levantar o questionamento sobre a perenidade da vida, o quão frágil somos e a relação da nossa importância perante outras preocupações.

Os projetos são produzidos e realizados pela Zona Plural - Arte e Cultura e Companhia Obscenos, com apoio da Associata (Associação dos Artistas Teatrais da Região de Araçatuba), Secretaria Municipal da Cultura de Araçatuba, com recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.


Ficha técnica de “Senão uma despedida”:

Ator - Pedro Böor

Direção - Caique Teruel

Dramaturgia - Caio Teruel

Texto - Caio Teruel

Produção - Denise Figueira Vaz, Caique Teruel

Filmagem - Gabriel Dias

Preparador Vocal - Heitor Gomes

Edição - Caio Teruel e Gabriel Dias

Classificação: livre


Ficha técnica "Woolf - um olhar submerso":

Ator - Caique Teruel

Direção - Caique Teruel e Elder Scanferla

Texto - Virgínia Woolf

Produção - Denise Figueira Vaz, Pedro Böor

Filmagem - Gabriel Dias

Edição - Caio Teruel e Gabriel Dias

Registro fotográfico - João F. Tavares Kawasaki

Espaço - Oficina De Macacos

Classificação: livre

SERVIÇO

"Senão uma despdida"

Dias 22, 23 e 24 de abril, às 20h 

Facebook e Youtube

Dia 28 de abril, às 6h

Podcast O Sentir

 

"Woolf - um olhar submerso"

Dia 24 de abril, às 21h

Facebook e Youtube

Videoperformance

Dia 23 de abril, às 23h

NO Instagram @caiqueteruel

(https://instagram.com/caiqueteruel)

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CULTURA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2021 - Grupo Agitta de Comunicação.