Cultura

Companhia apresenta projeto que conecta culturas japonesa e indígena

“Da palha ao papel – caminhos de encontro” compreende três ações on-line e gratuitas; iniciativas são voltadas às cidades de Lins, Cafelândia, Promissão e Birigui

Da redação - Hojemais Araçatuba
24/05/22 às 11h10
(Foto: Divulgação)

Com a proposta de conectar as culturas japonesa e indígena, remetendo a indícios da construção da identidade da região oeste do interior paulista, a Cia. Koi, de Lins (SP), inicia nesta quinta-feira (26) as ações do projeto “Da palha ao papel – caminhos de encontro”, contemplado pelo ProAC, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

A programação compreende três ações on-line e gratuitas, sendo que a primeira é uma série de bate-papos sobre temas que permeiam o espetáculo “Contos que a terra dá”, que estreia em junho e que dá sequência à pesquisa do grupo com foco no Kamishibai, o teatro de papel, técnica tradicional japonesa que utiliza pranchas ilustradas para narrar histórias.

Também será realizada uma oficina de teatro de papel, encerrando o projeto, que é voltado às cidades de Lins, Cafelândia, Promissão e Birigui, escolhidas em razão de terem recebido famílias de imigrantes japoneses e em cujos territórios vivia o povo indígena Kaingang.

Por acontecer na internet, pessoas de qualquer localidade podem acompanhar o espetáculo e as conversas, cujas transmissões serão pelo canal do YouTube da Cia. Koi – https://www.youtube.com/c/CiaKoi . Após as datas programadas, as ações ficarão gravadas e disponíveis no mesmo link.

Referências

De acordo com os integrantes da companhia, o projeto faz referência aos materiais simbólicos das duas culturas: à palha, nas comunidades indígenas, e ao papel, na história do Japão, elementos tradicionais e de uso comum, que, em suas tramas, imprimem histórias, se unindo em um mesmo território na iniciativa.

O trabalho parte da descoberta de um cemitério indígena por agricultores japoneses na cidade paulista de Promissão, que posteriormente foi escavado e suas peças identificadas e catalogadas pelo imigrante japonês Kiju Sakai (antropólogo e arqueólogo), na década de 1930, materiais que atualmente encontram-se na reserva técnica do Museu Histórico de Lins.

Sakai foi um dos pioneiros a estudar os costumes indígenas, principalmente no oeste do interior de São Paulo, onde segundo estudos a etnia indígena Kaingang estava presente na região de Lins antes da construção da ferrovia Estrada de Ferro Noroeste do Brasil, em torno de 1908. 

Conversas

Antes das apresentações do espetáculo, a companhia recebe convidados para as lives, com bate-papos sempre às 19h. A live de abertura é dia 26 de maio tendo como tema “Kiju Sakai e Os Povos Originários do Oeste Paulista”, com a doutora em arqueologia Louise Alfonso e a mestra em arqueologia Márcia Hattori.

Elas irão compartilhar os estudos sobre a relação de Sakai com os povos originários. Durante a conversa, será exibida uma entrevista feita pela Cia. Koi com o cacique Kaingang Ronaldo Iaiati, da comunidade Icatu, em Braúna. Para assistir basta acessar o canal do YouTube da Cia. Koi. 

No dia 30 de maio, a convidada é a imigrante e professora de cultura e língua japonesa Masako Nakaba, que chegou ao Brasil em 1967, aos 16 anos, e que abordará “A Cultura Japonesa e a Educação”. Por fim, em 7 de junho, “As Imagens no Teatro de Papel”, com o grupo teatro Por um Triz, de São Paulo, também a partir das 19h, no canal da companhia.

Sobre a cia Koi

A companhia foi fundada em 2019, em Lins, pelas irmãs Andressa Giacomini (atriz) e Amanda Marques (artista plástica e ilustradora), e o ator e arte-educador Deraldo. A Cia. Koi pesquisa o Teatro Kamishibai desde o início de sua criação.

Seu primeiro trabalho, “Contos de Papel”, já trazia a cultura japonesa no teatro narrativo através da técnica surgida no Japão em meados do século XII como uma forma de ensinar os valores budistas para crianças e pessoas que não sabiam ler e escrever. Para desenvolver o novo espetáculo, o grupo agregou elementos da cultura indígena em conjunto com os da cultura japonesa já presentes em seu repertório.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM CULTURA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.