Polícia

Após quase 6 horas de negociação, PM prende homem por tentar matar a esposa a tiros

A polícia foi chamada por um filho do casal, após o pai dele fazer uma chamada de vídeo dizendo que iria matar a esposa e depois se matar

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
13/01/22 às 11h10
O revólver e munições foram apreendidas na residência do casal (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar de Penápolis (SP) prendeu na madrugada desta quinta-feira (13), um homem de 59 anos, acusado de tentar matar a mulher dele a tiros. Segundo a polícia, ele chegou a atirar na vítima, mas acertou a parede. Foi apreendido um revólver e munições.

Segundo a polícia, foi um filho do casal que solicitou o atendimento à ocorrência, registrada em uma residência na Alameda Córrego do Retiro. A polícia foi informada que após uma discussão ocorrida durante a tarde, o investigado pegou um revólver, realizou uma chamada de vídeo com o filho pelo celular e disse iria matar a esposa e depois se suicidar. Foi constatado que ele chegou a efetuar um disparo na direção da vítima, mas acertou a parede do quarto.

Os policiais que atenderam a ocorrência relataram que ao chegar na residência, pouco depois das 20h de quarta-feira, eles tocaram o interfone e conversaram com o homem e depois com a mulher dele, a qual solicitou que entrassem, pois o esposo dela estava armado e a teria ameaçado de morte.

Trancados

Segundo a polícia, as portas da casa estavam fechadas, mas foi possível ver por uma janela entreaberta que o acusado estava com uma arma de fogo nas mãos. Ao ser informado que o imóvel estava cercado, ele liberou a esposa para sair da residência e atender os policiais.

Em seguida, teve início a longa intervenção, que durou aproximadamente seis horas, na tentativa de convencer o acusado a se desarmar e se entregar.

Choque

Aproveitando um momento de distração do acusado, os policiais militares utilizaram a arma de choque para conseguir dominá-lo e detê-lo, isso já na madrugada. Em seguida foram realizadas buscas e apreendido um revólver calibre 38, encontrado dentro de uma caixa de som. A arma estava municiada com seis cartuchos intactos.

Também foram apreendias 23 munições calibre 38 também intactos e uma deflagrada e 12 munições de calibre 28.

Tiro

Ainda segundo a polícia, foi encontrado um buraco na parede de um dos quartos, provocado por disparo de arma de fogo, e no local havia um cartucho calibre 38 deflagrado. A área foi preservada para perícia e o acusado apresentado no plantão policial.

O delegado que presidiu a ocorrência decidiu pela prisão em flagrante por tentativa de feminicídio e a mulher representou pelas medidas de urgência. Ela não se feriu. A ocorrência foi encerrada no início da manhã.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.