Polícia

Homem morre após ser baleado na rua em Buritama

Disse à mãe que havia sido atacado por 2 homens em um GM Corsa sendo que um deles o segurou e o outro fez os disparos

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
16/11/21 às 09h46

Samuel Marcos de Oliveira, 33 anos, morreu após ser baleado na noite de segunda-feira (15) em Buritama (SP), cidade a aproximadamente 50 quilômetros de Araçatuba. Mesmo ferido ele conseguiu correr até à casa dele, onde informou à mãe dele que havia sido atacado por dois homens que estavam em um GM Corsa. Ele chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu.

Segundo a polícia, o crime aconteceu pouco depois das 19h, na rua Presciliano Pinto de Almeida, no bairro Jardim Buriti. O local foi preservado pela Polícia Militar e quando um investigador de polícia chegou, não havia nenhuma testemunha e a vítima havia sido socorrida.

A informação passada inicialmente foi de uma tentativa de homicídio com uma vítima ferida por dois disparos de arma de fogo. O policial militar que atendeu a ocorrência relatou que falou com pessoas que estavam pelo local. Porém, todas disseram que estavam em suas casas, ouviram os tiros e quando saíram encontraram Oliveira ferido.

Suspeitos

Os policiais também falaram com a mãe da vítima, que contou que estava em casa quando o filho dela chegou sangrando. De acordo com ela, ele disse que dois homens em um GM Corsa prata se aproximaram e estacionaram o veículo. Os dois desceram, foram na direção dele e enquanto um o segurou, o outro sacou uma arma e fez os dois disparos. Em seguida, os dois fugiram com o veículo sem serem identificados.

Segundo o que foi informado à polícia, Oliveira foi atingido no antebraço esquerdo e no abdômen, deu entrada na Santa Casa de Buritama apresentando quadro clínico estável, mas foi transferido para a Santa Casa de Birigui correndo risco de morrer em função dos ferimentos.

Quando o boletim de ocorrência era registrado, já no final da noite, a polícia foi informada que a vítima não havia resistido e vindo a óbito. O local onde ocorreu o crime passou por perícia, o corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico e o caso foi registrado como homicídio.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.