Fique por Dentro

PIX não será mais gratuito? Confira as últimas notícias sobre a ferramenta

Com o crescimento do PIX no Brasil, muitas pessoas temem que a ferramenta passe a ser cobrada. Mas será que isso é possível? Descubra!

editalconcursosbrasil - RENATO SOARES
28/06/22 às 12h35
(crédito: Banco Central do Brasil)

O PIX já se tornou um dos principais instrumentos de transferência de valores e de pagamentos pelos brasileiros desde a sua criação em 2020.

Apenas neste mês, por exemplo, foram movimentados mais de R$ 784,6 bilhões por meio do sistema de pagamentos. Tamanha sua importância, muita gente teme que a ferramenta deixe de ser gratuita e passe a ser cobrada. Mas será que isso pode acontecer?

Até o momento, não foram divulgadas informações a respeito de uma possível cobrança em transferências PIX para clientes pessoas físicas. Pelo contrário. O governo tem divulgado com cada vez mais empenho a importância e vantagem do sistema de pagamentos do Banco Central (BC), sendo uma delas a gratuidade e facilidade no envio e recebimento de dinheiro .

Nesse sentido, os milhões de brasileiros que utilizam com frequência o PIX não devem se preocupar neste momento se ele deixará de ser gratuito, tendo em vista que o objetivo do governo é aumentar o número de utilizadores da ferramenta.

Governo federal divulga dados sobre o PIX
Com o PIX, os brasileiros conseguem pagar e transferir dinheiro de forma mais prática e fácil. Os usuários podem realizar transferências de modo instantâneo a qualquer hora do dia e sete dias por semana. As operações acontecem por celulares, tabletes e também computadores com recursos disponíveis para esse tipo de transação. A ferramenta é totalmente grátis para pessoas físicas.

O governo federal informou que, em abril deste ano, o número de usuários cadastrados no PIX chegou a 126,5 milhões. Já em relação às chaves ativas, o quantitativo é ainda maior, chegando a 438,4 milhões. Isso porque uma única pessoa pode ter mais de uma chave ativa, que podem ser o CPF/CNPJ, e-mail, chave aleatória ou número de telefone.

Assim como boleto, Transferência Eletrônica Disponível (TED), Documento de Ordem de Crédito (DOC), o PIX realiza transferências entre contas. Segundo o BC, o sistema de pagamentos é de extrema importância porque garante a manutenção da competição, inovação e eficiência do mercado financeiro.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM FIQUE POR DENTRO
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.