Geral

“Regalias” para alguns presos no CDP de Nova Independência gera afastamento de diretores

“Corregedoria da SAP fez vistoria surpresa semana passada e constatou irregularidades”

O Foco - José Carlos Bossolan
20/05/22 às 17h01

Denúncias de regalias para alguns detentos do CDP (Centro de Detenção Provisório) de Nova Independência, resultou no afastamento de diretores da unidade prisional.

Na semana (quarta, quinta e sexta), membros da Corregedoria da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária), estiveram no órgão para apurar denúncias de envolvimento do diretor Geral, do diretor de Disciplina e outros servidores com presos.

CDP está com superlotação de 419 detentos”

Inaugurado em novembro de 2018, o CDP de Nova Independência tem capacidade para acomodar 823 detentos, mas segundo dados da SAP de quinta-feira (18/05), a unidade possui população carcerária de 1.242 presos, com superlotação de 50% das dependências do estabelecimento prisional em regime fechado.

Segundo informações repassadas a nossa reportagem na condição de anonimato, algumas das regalias que os presos favorecidos obtinham na unidade, ia desde acesso a geladeira, até passeios “extra-muros” (lado de fora da cadeia), cujas mordomias são proibidas no regime fechado.

Os privilégios dentro da unidade teriam sido confirmados aos corregedores da SAP por funcionários e pelos próprios detentos, inclusive aproximadamente 19 presos teriam sido transferidos do CDP de Nova Independência para outras unidades do estado.

Os diretores Geral e de Disciplina estão afastados do cargo. Procurada por nossa reportagem nesta sexta-feira (20/05), a assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária informou que – “que os fatos estão sendo apurados pela Corregedoria da Pasta e os servidores foram afastados para não atrapalhar as averiguações”.

Não foi divulgado quais eram as “vantagens indevidas” que os agentes públicos receberam em troca do favorecimento dos detentos. Se comprovadas as denúncias, os servidores poderão responder por diversos crimes, como peculato, corrupção ativa e demissão do serviço público.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM GERAL
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.