Política

Sodário afirma não estar preocupado com eleições. “O momento é para salvar vidas”, diz

Mirandópolis confirmou 49 casos positivos do novo coronavírus no município, sendo que 44 já foram recuperados.

Da redação - Mirandópolis
10/06/20 às 10h39
Não falo em eleições nese momento (foto: Cleber Carvalho)

Mirandópolis confirmou 49 casos positivos do novo coronavírus no município, sendo que 44 já foram recuperados. Dos cindo que continuam com os sintomas, dois estão internados e três seguem em isolamento domiciliar.

Os números foram divulgados na noite de ontem, terça-feira (9), pelo Departamento de Saúde da Prefeitura. Na mesma nota, quatro mortes foram confirmadas no município e outras quatro foram descartadas.

O prefeito de Mirandópolis, Everton Sodário, culpa o estado por não tratar os presos dos dois presídios da cidade em hospitais de campanha dentro dos próprios presídios, o que tem feito que eles fossem tratados no Hospital Regional de Mirandópolis.

Segundo ele, a saída dos presos para tratamento na cidade põe em risco a população e ocupam os leitos do hospital que é referência para o atendimento de 44 municípios, isso com apenas 10 leitos de UTI.

 

Comércio

Na última segunda-feira (8), a juíza Iris Daiani Paganini dos Santos, da 2ª Vara da Comarca de Mirandópolis, determinou a revogação do decreto da prefeitura de Mirandópolis que permitia o funcionamento de salões de beleza, bares e barbearias na cidade durante o isolamento social.

O decreto do prefeito Everton Sodário (PSL) que permitia a abertura dos serviços foi publicado em 1° de junho. O decreto de Sodário foi contra a orientação do Estado de São Paulo, que incluiu a cidade numa “Área Laranja”, onde essas atividades não foram permitidas.

“Momento é de salvar vidas!”

O prefeito lamenta que o momento político esteja intervindo nas decisões mem relação ao coronavírus. Sodário afirma que o momento “é de salvar vidas” e o que parece estar acontecendo é que o “coronavirus virou um pressuposto para se diminuir a autoridade do Presidente da República, e de seus aliados”.

“Então como isso virou um palanque eleitoral muito bom eu acredito que isso vai levar um bom tempo para melhorar. Eu ouvi de pessoas próximas ao Governador de São Paulo que com o coronavírus Dória ficou `conhecido` no país todo e antes era só na capital e em São Paulo. Então assim o intuito político-eleitoral de conhecimento do candidato, isso tem servido a ele”, afirmou Sodário.

Palanque em Mirandópolis

O prefeito afirmou que em Mirandópolis não é diferente e que suas posturas tem sido usada como palanque para as próximas eleições municipais.

“Eu não estou fazendo reunião política com ninguém, muito menos politicagem eu acho que não é o momento de pensar em eleição. O momento é de salvar vidas. Por isso autorizamos o uso da hidroxicloroquina, azitromicina e zinco. Estamos fazendo a reestruturação do Departamento de Saúde e ouvindo as demandas da minha população”, afirma.

Sodário afirma que “sim” está tentando reverter as decisões autoritárias e unilaterais do governador João Dória. “Eu lamento muito por aqueles que estão usando o coronavirus como palanque eleitoral. Lamento que eles estejam preocupados com as eleições, inclusive em Mirandópolis e em outras cidades da região”, afirmou dizendo que enquanto essa situação não passar ele não fala em eleições.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍTICA
Franquia:
Andradina SP
Franqueado:
FLAVIA REGINA DE AVELAR GOMES 25180990858
14.225.543/0001-11
Editor responsável:
Flavia Gomes Mtb 8.016/MG
Email: ointeriorfala@gmail.com
Todos os direitos reservados © 1999 - 2020 - Grupo Agitta de Comunicação.