Polícia

Homem que teve órgãos captados caiu de escada durante o trabalho em Birigui

Procedimento para transplante do coração doado por ele teve início às 20h30 de ontem e foi concluído por volta das 2h desta terça-feira

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
24/05/22 às 10h47
Coração captado de Denis Alarcão foi transportado em avião da Polícia Civil para ser implantado em paciente em São Paulo (Foto: Divulgação)

Foi registrado na noite de segunda-feira (23), em Araçatuba (SP), o boletim de ocorrência comunicando a morte de Denis da Silva Alarcão, 30 anos, que teve os órgãos captados durante a tarde na Santa Casa da cidade. O coração dele já foi implantado em outro paciente no Incor (Instituto do Coração), em São Paulo.

Uma irmã da vítima disse à polícia que o irmão dela trabalhava como instalador de internet para uma empresa de Birigui havia aproximadamente sete anos.

De acordo com ela, no dia 12 deste mês ele instalava um ponto de internet para a empresa, quando a escada acabou escorregando e ele sofreu uma queda de uma altura aproximada de três metros.

Traumatismo

Alarcão bateu a nuca no chão, ficou socorrido inconsciente e levado por unidade de resgate do Corpo de Bombeiros para o pronto-socorro de Birigui.

Devido à gravidade dos ferimentos ele foi transferido no mesmo dia para a Santa Casa de Araçatuba, onde deu entrada já em estado de coma e teve a morte cerebral constatada no domingo em consequência de um traumatismo craniano.

Captação

Após autorização dos familiares, foram doados o coração, pulmões, fígado, rins e córneas de Alarcão, em procedimentos realizados por equipes do Incor (Instituto do Coração) e Hospital Albert Einstein, de São Paulo, e do Hospital de Base de São José do Rio Preto.

Aeronaves da Polícia Civil, apreendidas do tráfico de drogas, forma utilizadas para o transporte das equipes do Incor até Araçatuba e no retorno para a Capital. Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Estado, foi utilizado um avião apreendido em 2018 em uma operação contra o tráfico de drogas e um helicóptero apreendido com o traficante André do Rap, em 2019. Esse último, fez o transporte da equipe médica com o coração do aeroporto ao heliporto do Incor.

Nesta terça-feira a assessoria de imprensa da Santa Casa de Araçatuba confirmou que o coração captado ontem já havia sido transplantado em outra pessoa. O procedimento teve início às 20h30 de ontem e foi concluído por volta das 2h desta terça-feira.

Boas chances

O cirurgião Ronaldo Honorato, integrante da equipe de transplantes do Incor, informou que a pessoa que recebeu o transplante se recupera bem, apesar da gravidade do quadro clínico anterior ao procedimento. “O paciente se recupera satisfatoriamente e tem uma grande chance de ficar bem”, disse à assessoria de imprensa.

Honorato agradeceu aos pais do doador “pelo ato de amor ao próximo, mesmo em momento de tanta dor”. Ele também cumprimentou a equipe da CIHDOTT (Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes) e direção da Santa Casa de Araçatuba pelo comprometimento com os transplantes de órgãos e estrutura oferecida para a efetivação das captações.

O corpo de Alarcão será velado a partir das 13h de hoje e deve ser enterrado às 16h30, no cemitério da Consolação, em Birigui.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.