Polícia

Mulher é encontrada morta em canavial

Suspeito é homem com quem ela passaria a noite de Natal; sofreu perfuração no braço esquerdo e nos dois lados da face, próximo ao pescoço

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
25/12/21 às 22h30
Vanda Braz Alves tinha 43 anos (Foto: Reprodução)

A faxineira Vanda Braz Alves, 43 anos, moradora no distrito de São Martinho D’Oeste, em Alto Alegre (SP), município vizinho a Penápolis, foi encontrada morta no início da tarde deste sábado (25) em um canavial no município de Braúna. O suspeito do crime é um homem com quem ela vinha mantendo um relacionamento amoroso, que não foi encontrado pela polícia.

Um irmão da vítima, um motorista de 48 anos, que também reside em São Martinho D’Oeste, disse à polícia que a família estava procurando por Vânia desde a madrugada. Ele contou que a irmã dele estava se relacionando com o suspeito e que às vezes ela dormia na casa dele.

Disse ainda que na noite de sexta-feira (24) a viu por volta das 23h, quando ela informou que estava indo para a casa do suspeito. Passado algum tempo ele telefonou para Vânia, que não atendeu e, por volta da meia-noite, viu o suspeito sozinho, seguindo de moto sentido ao distrito de Jatobá, também em Alto Alegre.

Corpo foi encontrado em canavial em Braúna (Foto: Divulgação)

Corpo

O corpo da vítima foi encontrado pelo proprietário da área, que disse à polícia que durante visita ao canavial viu um capacete caído no meio de um carreador. Ele seguiu caminhando por esse carreador e encontrou o cadáver cerca de 15 metros adiante.

Segundo a testemunha, o corpo estava no começo do carreador, o que facilitou a visualização. A área foi preservada pela Polícia Militar e equipe da Polícia Civil acompanhou a perícia, que constatou perfuração no braço esquerdo e nos dois lados da face da vítima, próximo ao pescoço.

Suspeito

Um investigador e a equipe de perícia estiveram na residência do suspeito, também no distrito de São Martinho D’Oeste, mas não havia ninguém na casa. A polícia conseguiu contato com o patrão dele, que informou que o suspeito havia lhe enviado mensagem na manhã deste sábado pelo WhatsApp, pedindo o dinheiro referente ao dia trabalhado, mas ele não enviou.

O corpo de Vânia passou por exame necroscópico antes de ser liberado para velório e enterro e um boletim de ocorrência de feminicídio foi registrado. O capacete encontrado no canavial foi entregue ao irmão da vítima e um inquérito será instaurado.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.