Polícia

Polícia Civil de Birigui identifica autores de homicídio no Margareth Vargas

Dupla confessou ter atirado em Francinaldo Ribeiro dos Santos Júnior, em crime ocorrido no último dia 17

Lázaro Júnior - Hojemais Araçatuba
28/05/22 às 10h53
Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a esclarecer o crime (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Birigui (SP) esclareceu o assassinato do jovem Francinaldo Ribeiro dos Santos Júnior, 23 anos, morto a tiros na casa dele no bairro Margareth Vargas, em 17 de maio. Ele tinha antecedentes por um roubo ocorrido em 2019 e havia deixado o sistema prisional em 15 de outubro de 2020.

Segundo o que foi apurado pelo Hojemais Araçatuba , o autor dos disparos é um autônomo de 25 anos e o responsável pela condução da moto na fuga do local do crime é um servente de pedreiro, com a mesma idade. O motivo do assassinato seria o desentendimento da vítima com a mãe do autônomo, ocorrido dias antes.

Naquela tarde dois homens em uma moto Yamaha XT 660 de cor escura foram à casa da vítima, a chamaram pelo nome no portão e os disparos foram feitos quando ela sair para atender. Santos Júnior chegou a correr para dentro de casa, mas foi seguido pelo autor, que continuou efetuando disparos.

Ele foi encontrado caído na sala com dois ferimentos na cabeça, sendo um de entrada pela nuca, próximo à orelha direita, e o de saída na testa. Havia outra perfuração no tórax, no lado direito, possivelmente de disparo feito a curta distância.

O jovem foi levado para o pronto-socorro municipal por equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos. Havia marcas de disparo no portão, na porta da sala e em um móvel de madeira também na sala, e foram recolhidos três projéteis aparentemente de revólver calibre 38. 

Identificação 

Após a instauração de inquérito, a equipe de investigações da Delegacia de Polícia de Birigui, sob a liderança do delegado Eduardo Lima de Paula, conseguiu imagens de câmeras de monitoramento que ajudaram na identificação dos autores, que são dois homens de 25 anos.  

O delegado representou pela expedição de três mandados de busca e apreensão que foram cumpridos na quarta-feira (25), durante operação policial. Com o apoio de todas as unidades policiais da cidade foram apreendidos celulares em endereços que seriam dos autores do crime.

Com base em análise do conteúdo encontrado nesses aparelhos a polícia confirmou os indícios de autoria. Também foram colhidos depoimentos que esclareceram a motivação do assassinato.

Equipes policiais no local do crime (Foto: Dilvulgação)

Ameaça

Os investigados se apresentaram espontaneamente na delegacia um dia depois dos cumprimentos dos mandados, acompanhados de um advogado, e confessaram a autoria do homicídio.

Segundo o que relataram em depoimento, após o desentendimento de Santos Júnior com a mãe do autônomo, ocorrido dias antes, a vítima teria passado a proferir ameaças de morte contra os familiares, dentre eles, o próprio autônomo.

Por isso ele alegou ter adquirido um revólver para se proteger e na tarde do crime teriam ido à casa de Santos Júnior para conversar sobre as ameaças e apaziguar a situação. Entretanto, alegaram que a vítima teria “indo para cima” do autônomo fazendo uso de um canivete, por isso ele efetuou os disparos “para se defender”.

O delegado informa que as investigações prosseguirão. A polícia aguarda a emissão dos laudos periciais dos exames já requisitados e pretende fazer a reconstituição do crime antes de relatar o inquérito à Justiça.

Por estarem colaborando com as investigações, os acusados responderão pelo crime em liberdade.

Moto utilizada pelos autores também foi localizada (Foto: Divulgação)
 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.