Polícia

Polícia descobre possível estupro contra criança após investigado ser internado

Vítima seria vizinha do acusado, que foi levado para o hospital após ingerir vários comprimidos

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
28/11/21 às 18h18

A Polícia Civil de Penápolis (SP) vai instaurar inquérito para investigar possível estupro praticado contra uma menina de 9 anos de idade. O suspeito do crime é um vizinho dela, um homem de 63 anos.

O caso chegou até à polícia na tarde de sábado (27), após comunicação de que o investigado havia dado entrada no pronto-socorro da cidade por ter atentado contra a própria vida, ingerindo vários comprimidos de medicamento para pressão.

Durante atendimento à ocorrência, a esposa do investigado foi procurada pelos policiais e contou que na sexta-feira o marido dela ingeriu bebida alcóolica e passou a mão no órgão genital e nos seios da filha da vizinha do casal.

Após o ocorrido, ele ficou com medo de sofrer represálias da família da criança, tomou os medicamentos e teve que ser levado para o pronto-socorro pela esposa, com a ajuda de um filho do casal. Após ser medicado, ele foi apresentado no plantão policial, mas não estava em condições de prestar depoimento, devido à medicação, por isso foi liberado.

Vítima

Após o registro da ocorrência policiais foram à residência da criança, que foi ouvida na presença da mãe dela. Ela contou que estava na casa de uma amiga quando o avô dessa amiga passou a mão no corpo dela. 

A vítima disse ainda que o pai da amiga dela chegou na residência nesse momento, flagrou a ação e brigou com o aposentado. As partes também foram apresentadas na delegacia para registro da ocorrência e o Conselho Tutelar foi comunicado.

A criança foi encaminhada ao IML (Instituto Médico Legal) de Araçatuba para passar por exames, na companhia dos conselheiros tutelares. O caso foi registrado como posse sexual mediante fraude, com pena de até 6 anos de prisão em caso de condenação.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.