Polícia

Procurado pela Justiça de Penápolis é preso com drogas em Birigui

Havia um mandado de prisão preventiva aberto contra ele referente a um processo por furto

Lázaro Jr. - Hojemais Araçatuba
26/05/22 às 08h34

Um homem de 47 anos foi preso na tarde de quarta-feira (25), em Birigui (SP), acusado de tráfico de drogas. Ele era considerado foragido, pois havia contra ele um mandado de prisão preventiva expedido em março, referente a processo por furto, que tramita na Justiça de Penápolis.

O flagrante foi feito por volta das 13h30, por policiais militares que, durante patrulhamento pelo bairro Art Ville, passaram pela rua Filomena Cristóvam de Carlis, onde o investigado reside, e viram um rapaz saindo do imóvel.

Ao ser questionado, esse homem confirmou que o investigado estava na residência, por isso foi solicitado apoio a outra equipe da Força Tática e feito o cerco ao imóvel.

Um dos policiais subiu em uma escada e por sobre o muro viu o investigado saindo da residência. Ele estaria com uma sacola plástica nas mãos, a qual, ao ver os policiais, teria jogado sobre o muro para a casa vizinha.

O acusado foi abordado e foi constatado que na residência havia outro homem, que alegou ter ido ao imóvel para lavar uma moto do investigado, que negou a propriedade da sacola que havia jogado na casa ao lado.

Drogas

Segundo a polícia, essa sacola foi recuperada e nela havia duas porções grandes de maconha, outras duas embalagens com cocaína e uma pedra de crack. Também foram realizadas buscas na casa dele, mas nada de ilícito foi encontrado.

O acusado foi apresentado no plantão policial e em depoimento negou ser traficante. Ele falou que quando os policiais militares chegaram, ele e o amigo estavam dentro da casa descansando, após terem almoçado. 

Negou ter arremessado a sacola na casa vizinha, disse que os policiais militares revistaram toda a casa e “apareceram” com essa droga mais de uma hora depois da vistoria.

Por fim, informou que atualmente está desempregado e vive do dinheiro da rescisão trabalhista. Apesar das alegações, o delegado que presidiu a ocorrência decidiu pela prisão em flagrante. Após ser ouvido, ele permaneceu à disposição da Justiça.

 RECOMENDADO PARA VOCÊ
 EM DESTAQUE AGORA
VEJA TODOS OS DESTAQUES
 ÚLTIMAS EM POLÍCIA
Franquia:
Araçatuba SP
Franqueado:
Connect Empresa Jornalística e Editora LTDA
32.184.870-0001/54
Editor responsável:
Aline Galcino - MTB: 43087/SP
aline.galcino@ata.hojemais.com.br
Todos os direitos reservados © 1999 - 2022 - Grupo Agitta de Comunicação.